Meteorologia

  • 20 ABRIL 2021
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 20º

Edição

Pré-reforma: A quem se destina (e como pedir) este ano

Existem duas modalidades de pré-reforma: a redução da prestação do trabalho ou a suspensão do mesmo. 

Pré-reforma: A quem se destina (e como pedir) este ano

A pré-reforma é, tal como o termo indica, um acordo entre o trabalhador e a empresa que permite que o funcionário passe a trabalhar menos horas ou deixe mesmo de trabalhar, mantendo o direito à remuneração. Para isto, é necessário ter mais de 55 anos.

"Refere-se à situação constituída por acordo entre o empregador público e o trabalhador, mediante prévia autorização dos membros do Governo responsáveis pelas áreas das finanças e da Administração Pública, com redução ou suspensão da prestação de trabalho do trabalhador com idade igual ou superior a 55 anos, que mantém o direito a receber do empregador público uma prestação pecuniária mensal", explica a Direção Geral da Administração e do Emprego Público (DGAEP).

Existem, por isso, duas modalidades de pré-reforma: a redução da prestação do trabalho ou a suspensão do mesmo.

Quais os trabalhadores que podem ser abrangidos pela pré-reforma?

De acordo com o ComparaJá.pt, "para um trabalhador ter direito a pedir pré-reforma o único requisito concreto, para além do estabelecimento de um acordo com o empregador, é que completem, pelo menos, 55 anos de idade, podendo ter acesso a este benefício até ao dia que complete a idade normal de acesso à pensão de velhice".

Como obter a pré-reforma?

O pedido da pré-reforma cabe à entidade empregadora, que terá de "assegurar que o acordo se encontra assinado por ambas as partes". Além disso, a empresa terá de "entregar uma declaração de remunerações relativa ao mês em que o regime de pré-reforma entrou em vigor".

Na generalidade, "após terem passado 30 dias desde a entrega do pedido, caso estejam reunidas todas as condições necessárias, este será aprovado pela Segurança Social", adianta o mesmo site.

Leia Também: UE pede à China que "considere" reformas eleitorais em Hong Kong

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório