Meteorologia

  • 11 ABRIL 2021
Tempo
18º
MIN 11º MÁX 21º

Edição

Sindicato quer trabalhadores do Porto de Sines prioritários na vacinação

O Sindicato XXI solicitou ao Governo a inclusão dos trabalhadores do Terminal de Contentores do Porto de Sines, no distrito de Setúbal, concessionado à PSA Sines, no grupo prioritário do plano de vacinação contra a covid-19.

Sindicato quer trabalhadores do Porto de Sines prioritários na vacinação
Notícias ao Minuto

16:06 - 04/03/21 por Lusa

Economia Covid-19

Em comunicado, o sindicato revelou hoje que enviou ao ministro com a tutela dos portos, Pedro Nuno Santos, à Ministra da Saúde, Marta Temido, "uma recomendação para incluir os trabalhadores do Terminal XXI como grupo prioritário no plano de vacinação para a covid-19".

"Tendo sido vistos numa 'zona cinzenta' desde o início da pandemia, é uma visão local que todos os que desempenham funções no Terminal XXI, com equipas extensas e trabalhadores de vários pontos do litoral alentejano, sejam incluídos como prioritários" na vacinação, reclamaram os sindicalistas.

Apesar de não ser sua intenção "ficar à frente de grupos prioritários" como enfermeiros, médicos e cidadãos seniores, o sindicato vai mais longe e defendeu não só a inclusão do "maior porto do país" no grupo prioritário de vacinação, como de "todos os trabalhadores dos portos de Portugal continental e ilhas".

"Numa visão mais global e solidária, vendo para além da região, todos os trabalhadores dos portos de Portugal continental e ilhas deveriam ser englobados nesta recomendação", acrescentou.

A estrutura sindical, que acusoua empresa, autoridades locais e de saúde pública de "se remeterem ao silêncio e apatia", nesta matéria, os trabalhadores portuários "garantem linhas de abastecimento para que nada falte ao país".

E têm uma "importância mais [do] que reconhecida para a economia da nação", acrescentou o Sindicato XXI, que referiu ainda a existência de "tantos outros fatores diretos e indiretos" que contribuem para a importância destes trabalhadores.

"Tendo em conta que não sentimos que vá existir alguma ação por parte da nossa empresa, mais preocupada com números do que com a saúde pública, nem da Autoridade Portuária, Câmara de Sines e da delegada de Saúde", o sindicato decidiu lançar, ainda assim, "esta iniciativa, sem grandes expectativas".

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos,2.560.789mortos no mundo, resultantes de mais de 115,1 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram16.458pessoas dos807.456casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Leia Também: AO MINUTO: Abaixo de mil pelo 5.º dia; Todos vacinados na UE após verão?

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório