Meteorologia

  • 11 ABRIL 2021
Tempo
17º
MIN 11º MÁX 21º

Edição

EDP quer tornar-se 100% "verde" até 2030. Vai investir 24 mil milhões

A elétrica vai investir 24 mil milhões de euros na transição energética até 2025.

EDP quer tornar-se 100% "verde" até 2030. Vai investir 24 mil milhões

A EDP - Energias de Portugal apresentou, esta quinta-feira, o novo plano estratégico até 2025, no qual prevê tornar-se 100% "verde" até 2030. A elétrica vai investir 24 mil milhões de euros na transição energética.

"A empresa pretende abandonar a produção a carvão até 2025 e ser totalmente verde até 2030, antecipando em 20 anos as suas metas de ser neutra em carbono", anunciou hoje a elétrica liderada por Miguel Stilwell d'Andrade.

A anterior meta, definida em março de 2019, previa mais de 90% de produção renovável em 2030.

Em 2020, 74% da produção da EDP foi a partir de fontes renováveis, antecipando em dois anos o objetivo definido para 2022.

A EDP anunciou ainda que vai investir 24.000 milhões de euros na transição energética, dos quais 19.200 milhões de euros (80%) em energias renováveis nos próximos anos até 2025, que inclui tecnologias eólica, solar, hidrogénio verde e armazenamento de energia.

"Em quatro anos, serão investidos 24.000 milhões de euros na transição energética. 80% deste valor será investido em energias renováveis, através de várias tecnologias - eólica, solar, hidrogénio verde e armazenamento de energia", anunciou a energética.

Esta previsão consta do seu plano estratégico para o período 2021-2025, hoje divulgado, e que, de acordo com a EDP, reforça "a sua posição de líder na transição energética com um plano de investimento sem precedentes".

Leia Também: EDP volta aos lucros em Portugal depois de dois anos de prejuízos

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório