Meteorologia

  • 24 JUNHO 2021
Tempo
30º
MIN 15º MÁX 32º

Edição

Mais tempo em casa? Como poupar nos consumos de água e energia

Para que a fatura não afete demasiado o orçamento, a Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (DECO) reuniu  várias sugestões "simples de implementar". Conheça-as aqui.

Mais tempo em casa? Como poupar nos consumos de água e energia

Com o confinamento geral é normal que as pessoas passem mais tempo por casa e, com isso, a fatura das despesas de eletricidade, água e gás também podem ser mais 'pesadas'. Para evitar isso, é necessário um consumo responsável.

Para que a fatura não afete demasiado o orçamento, a Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (DECO) reuniu várias sugestões "simples de implementar" - pode conferir no vídeo que se encontra mais em baixo.

"Explicamos como reduzir o consumo de água e eletricidade, bem como manter a casa confortável e arejada, sem recurso a equipamentos", sublinha a DECO.

Casa confortável, poupada e ventilada

A DECO recomenda ainda que aproveite os recursos naturais para aquecer ou arrefecer a casa, de modo a que consiga ter uma "casa confortável e arejada".

  • Nos dias mais frios, aproveite o sol: abra as cortinas e/ou estores das janelas durante o dia e, à noite, feche-os. Nos dias de calor, feche aqueles durante o dia e, à noite, abra as janelas para arrefecer a habitação.
  • É muito importante renovar o ar interior da habitação todos os dias: basta abrir as janelas, de preferência de direções opostas, para que a casa fique ventilada. Esta operação é ainda mais importante quando existem várias pessoas dentro de casa e por um período alargado.

Leia Também: Queixas das telecomunicações à DECO sobem 30% em 2020. Lideram há 13 anos

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório