Meteorologia

  • 07 MARçO 2021
Tempo
15º
MIN 11º MÁX 18º

Edição

Há um novo apoio extraordinário. Vai chegar a 250 mil trabalhadores

Trata-se de um apoio "cujo acesso é aferido em função de verificação de insuficiência económica, dirigindo-se aos trabalhadores que, por força da pandemia Covid-19, se encontrem com rendimentos abaixo do limiar da pobreza", que está nos 501,16 euros.

Há um novo apoio extraordinário. Vai chegar a 250 mil trabalhadores
Notícias ao Minuto

09:28 - 27/01/21 por Notícias Ao Minuto 

Economia apoios Covid

A proposta que prevê o novo apoio extraordinário aos rendimentos dos trabalhadores foi aprovada no âmbito das votações na especialidade do Orçamento do Estado para 2021 (OE2021), publicada em Diário da República na terça-feira e entra hoje em vigor. O Governo estima que poderá abranger 250 mil pessoas e apoio tem como referencial 501,16 euros.

De acordo com o despacho, o apoio foi "criado com o objetivo de assegurar a continuidade dos rendimentos das pessoas em situação de particular desproteção económica causada pela pandemia da doença Covid-19", pode ler-se.

Além disso, "corresponde a um apoio cujo acesso é aferido em função de verificação de insuficiência económica, dirigindo-se aos trabalhadores que, por força da pandemia Covid-19, se encontrem com rendimentos abaixo do limiar da pobreza", que está nos 501,16 euros.

De acordo com a informação disponibilizada pela Segurança Social, o apoio de janeiro só poderá ser pedido entre os dias 1 e 10 de fevereiro

A portaria entra em vigor no dia seguinte ao da sua publicação, ou seja, esta quarta-feira, dia 27 de janeiro, e produz efeitos entre 1 de janeiro de 2021 e 31 de dezembro de 2021.

Para os trabalhadores independentes com quebras de rendimento superiores a 40% o novo apoio tem como período máximo seis meses, seguidos ou interpolados, sendo válido até dezembro de 2021.

Já para os trabalhadores independentes economicamente dependentes (em que mais de 50% do valor anual dos rendimentos da sua atividade independente é obtido por uma mesma empresa), o apoio tem a duração de um ano.

Os trabalhadores que beneficiem de apoios durante a suspensão ou encerramento de atividades no atual confinamento verão descontado o tempo de concessão desses apoios na nova prestação social

O Instituto da Segurança Social (ISS) vai realizar um 'webinar' sobre o novo apoio extraordinário ao rendimento dos trabalhadores. Se tem dúvidas sobre este apoio, participar na sessão que decorre quinta-feira, dia 28 de janeiro, às 15h00, pode ser uma ajuda. 

Para os trabalhadores independentes com quebras de rendimento superiores a 40% o novo apoio tem como período máximo seis meses, seguidos ou interpolados, sendo válido até dezembro de 2021.

Já para os trabalhadores independentes economicamente dependentes (em que mais de 50% do valor anual dos rendimentos da sua atividade independente é obtido por uma mesma empresa), o apoio tem a duração de um ano.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório