Meteorologia

  • 03 MARçO 2021
Tempo
20º
MIN 9º MÁX 20º

Edição

Trabalhadores das Finanças pedem suspensão da atividade presencial

A Associação Sindical dos Profissionais da Inspeção Tributária e Aduaneira pede "medidas urgentes"

Trabalhadores das Finanças pedem suspensão da atividade presencial

A Associação Sindical dos Profissionais da Inspeção Tributária e Aduaneira (APIT) considera que a atividade presencial das Finanças deve ser suspensa e o Governo deve clarificar a definição de trabalho essencial, justificando com o elevado número de novos casos da Covid-19 nos últimos dias. 

"Entendemos que deve ser suspenso todo o trabalho presencial (mesmo que com agendamento prévio), suspensas todas as ações externas não urgentes, e exigindo-se uma correta e clara definição do trabalho essencial, pelo prazo em que durar o estado de emergência", refere a APIT, numa nota enviada às redações

No entender da associação, "perante o conhecimento diário de cada vez mais infeções entre trabalhadores da AT [Autoridade Tributária] e seus familiares, assim como entre colaboradores externos, e face ao estado atual da pandemia, não faz sentido continuar a deslocar trabalhadores e contribuintes para se deslocarem aos serviços tributários e aduaneiros mesmo que por agendamento/marcação", refere. 

Por este motivo, a APIT pede que o Governo tome "medidas urgentes e apenas se cinja o trabalho presencial ao absolutamente essencial (com uma definição clara e unificada do mesmo)". 

O Governo decidiu hoje encerrar as Lojas do Cidadão a partir de sexta-feira, mantendo o atendimento nos demais serviços públicos apenas por marcação, disse o primeiro-ministro, António Costa.

António Costa precisou que as novas medidas vigoram pelos próximos 15 dias sendo depois reavaliadas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório