Meteorologia

  • 03 MARçO 2021
Tempo
19º
MIN 10º MÁX 21º

Edição

Bolsas europeias em alta, à espera da tomada de posse de Joe Biden

As principais bolsas europeias abriram hoje em alta, com os investidores à espera da tomada de posse do presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden.

Bolsas europeias em alta, à espera da tomada de posse de Joe Biden

Cerca das 08:45 em Lisboa, o EuroStoxx 600 valorizava-se 0,34%, para 409,29 pontos.

As bolsas de Paris e Frankfurt avançavam 0,46% e 0,31%, bem como as de Madrid e Milão, que se valorizavam 0,07% e 0,54%, respetivamente.

Londres era a exceção, já que recuava 0,06%.

Depois de ter aberto em alta, a bolsa de Lisboa mantinha a tendência e, cerca das 08:45, o principal índice, o PSI20, subia 0,33%, para 5.094,74 pontos.

Depois de ter estado fechada na segunda-feira devido ao feriado do aniversário de Martin Luther King Jr, a bolsa de Nova Iorque terminou em alta na terça-feira, com o Dow Jones a subir 0,38%, para 30.930,52 pontos, contra 31.097,97 pontos em 08 de janeiro, atual máximo desde que foi criado em 1896

No mesmo sentido, o Nasdaq terminou a valorizar-se 1,53%, para 13.197,18 pontos, contra o máximo de 13.201,98 pontos em 08 de janeiro.

A nível cambial, o euro abriu hoje em alta no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,2143 dólares, contra 1,2121 dólares na terça-feira e o atual máximo desde maio de 2018, de 1,2300 dólares, em 05 de janeiro.

O barril de petróleo Brent para entrega em março abriu também com tendência positiva no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, a cotar-se a 56,36 dólares, contra 55,90 dólares na terça-feira e o atual máximo desde fevereiro de 2020, de 56,58 dólares, em 12 de janeiro.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório