Meteorologia

  • 17 MAIO 2022
Tempo
24º
MIN 16º MÁX 25º

Macau com menos 85% de visitantes em 2020 devido à pandemia

Macau perdeu 85% visitantes em 2020, em comparação a 2019, informou hoje a Direção dos Serviços de Estatística e Censos (DSEC), um resultado que se justifica devido à pandemia do novo coronavírus.

Macau com menos 85% de visitantes em 2020 devido à pandemia
Notícias ao Minuto

06:45 - 20/01/21 por Lusa

Economia Macau

Em 2020 entraram 5.896.848 visitantes no território, longe dos quase 40 milhões registados no ano anterior.

O período médio de permanência dos visitantes foi de 1,4 dias, mais 0,2 dias, relativamente a 2019.

A esmagadora maioria dos visitantes, mais de 4,7 milhões, veio da China continental, segundo a DSEC.

A China continental beneficia de exceções face às restrições fronteiriças determinadas no âmbito do combate à pandemia do novo coronavírus.

Os últimos dados apontam para um aumento de 3,6% em dezembro, em relação aos números de novembro, mas um decréscimo de 78,6% quando comparado com o mesmo mês de 2019.

Macau não regista qualquer caso há cerca de sete meses, tendo sido dos primeiros territórios a ser atingido pela pandemia, em finais de janeiro. No total, identificou apenas 46 contágios e nenhum surto local.

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório