Meteorologia

  • 06 MARçO 2021
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 21º

Edição

AHRESP pede acesso "célere e universal" às medidas de apoio do Governo

AHRESP congratula-se com o "reforço e aceleração da atribuição dos apoios a fundo perdido".

AHRESP pede acesso "célere e universal" às medidas de apoio do Governo

A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) pediu, esta sexta-feira, que o acesso às medidas anunciadas pelo Governo seja "célere e universal", congratulando-se com o reforço e aceleração da atribuição dos apoios a fundo perdido.

"Nos apoios ao emprego também anunciados, e perante as dúvidas quanto à sua aplicação, aguardamos a rápida regulamentação, tendo a AHRESP a expetativa que o seu acesso seja célere e universal", sublinha a AHRESP, em comunicado. 

A Associação revela ainda que se congratula com o anúncio do reforço e aceleração da "atribuição do fundo perdido, bem como o alargamento, já comunicado em 2020, aos empresários em nome individual sem contabilidade organizada e às médias empresas, tal como a AHRESP propôs"..

Ainda assim, não deixa de lamentar que "o apoio às rendas comerciais não tenha sido objeto de reforço, à semelhança do Programa APOIAR, uma vez que é incomportável suportar a totalidade deste relevante custo de atividade das nossas empresas, estando as mesmas legalmente impedidas de funcionar", pode ler-se. 

O Governo anunciou, na quinta-feira ao final da tarde, um conjunto de apoios para a economia no seguimento das restrições que estão em vigor desde o início desta sexta-feira. Na prática, houve uma aceleração de instrumentos de apoio que já estavam em vigor e a inativação e reforço de outros, respondendo assim ao apelo de rapidez por parte das estruturas representativas das empresas. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório