Meteorologia

  • 10 ABRIL 2021
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 18º

Edição

Nova expansão do metro do Porto concretizada em 10 anos

O ministro do Ambiente garantiu hoje que conhece "bem" o relatório da metro do Porto que contempla 11 eixos traduzidos em sete novas linhas, apontando para um "projeto para 10 anos, que em 10 anos estará concretizado".

Nova expansão do metro do Porto concretizada em 10 anos

"Já conheço o estudo e conheço-o bem", disse João Pedro Matos Fernandes à margem da assinatura de um protocolo entre a tutela e o CEiiA, em Matosinhos, quando confrontado pelos jornalistas com o facto de estar agendada para hoje a entrega do relatório final da expansão da Metro do Porto, numa cerimónia entretanto cancelada.

O ministro do Ambiente e Transição Energética disse que as duas linhas incluídas no Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) vão estar concluídas antes do final de 2025, referindo-se ao corredor de metrobus para a zona ocidental da cidade do Porto e a chamada segunda linha de Vila Nova de Gaia (Santo Ovídio-Devesas-Campo Alegre).

"Muitas outras entrarão em obra antes desse ano. Não tenho a mínima dúvida. Mas este é um projeto para 10 anos que em 10 anos estará concretizado", disse o governante.

Em causa está o relatório final sobre as novas linhas de metro, que contempla 11 eixos de metro que se refletem em sete novas linhas.

Sobre o corredor para a zona ocidental da cidade do Porto, Matos Fernandes considerou hoje que "é simples de construir" até porque "não tem avaliação de impacto ambiental", apontando como data do concurso 2021.

Já sobre a nova linha para Gaia, com uma nova ponte sobre o Douro, recordou que o concurso de ideias será lançado em fevereiro e salvaguardou que esta empreitada exige um estudo de impacto.

"A ponte é o elemento chave e mais complexo -- entre uma ponte Eiffel [referindo-se à Luís I] e a do Edgar Cardoso [ponte da Arrábida]. Não pode ser uma ponte qualquer. Tem de ser uma ponte que enobreça a frente de rio e as cidades do Porto e de Gaia -- mas quero acreditar que há condições para lançar também o concurso para a obra da nova linha para as Devesas", disse Matos Fernandes.

Este estudo inclui linhas para concelhos como Maia e Gondomar, bem como a solução por um corredor de metrobus até à Trofa, um projeto que Matoso Fernandes disse que "será concretizado ao longo da próxima década".

"Objetivamente, depois de uma injustiça que foi cometida, não havia procura que justificasse a linha de metro portanto não nos podiam pedir a nós que fizéssemos uma linha de metro onde não há passageiros que a justifiquem, mas justificasse um BRT [metrobus], um sistema em corredor próprio com autocarros elétricos", disse, frisando que "a escolha das linhas é da Área Metropolitana do Porto".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório