Meteorologia

  • 25 NOVEMBRO 2020
Tempo
12º
MIN 9º MÁX 15º

Edição

Reforço do transporte público na AML adiado por "questões operacionais"

O reforço do transporte público realizado pela CP, Fertagus e Metro Transportes do Sul na Área Metropolitana de Lisboa (AML), que estava previsto para segunda-feira, foi adiado por "questões operacionais", disse à Lusa fonte da ANTROP.

Reforço do transporte público na AML adiado por "questões operacionais"
Notícias ao Minuto

19:50 - 20/11/20 por Lusa

Economia Covid-19:

"Por questões operacionais relacionadas com o estacionamento dos autocarros junto ao metro de Lisboa, foi adiada a entrada em vigor da medida. Tudo indica que será ainda durante a próxima semana", referiu a mesma fonte.

Esta tarde, em comunicado, a ANTROP - Associação Nacional de Transportes de Passageiros tinha anunciado que 60 autocarros de turismo iriam reforçar a partir de segunda-feira o transporte público feito pela CP, Fertagus e Metro Transportes do Sul na Área Metropolitana de Lisboa (AML), durante as horas de ponta.

A medida, era referido, vai retirar trabalhadores de 'lay-off', permitindo, igualmente, o regresso à estrada de 60 veículos parados desde abril devido à falta de atividade turística por causa da pandemia de covid-19.

Apesar desta solução de apoio rodoviário do turismo à ferrovia, anunciada pelo secretário de Estado da Mobilidade, Eduardo Pinheiro, no início de novembro, estar prevista também para o Porto, vai iniciar-se, para já, apenas em Lisboa, segundo a ANTROP.

A medida contempla as linhas de Sintra e também a travessia do Tejo pela Ponte 25 de Abril, envolve autocarros de turismo e 50 motoristas que deixam de estar em 'lay off' por falta de atividade e regressam ao trabalho.

Aquando do anúncio, o Governo avançou que as Áreas Metropolitanas de Lisboa e do Porto iam ter 1,5 milhões de euros para aquisição de serviços de transporte.

Na Área Metropolitana do Porto eram 17 as linhas, de seis municípios, que apresentavam necessidade de reforço de oferta de transporte, enquanto na Área Metropolitana de Lisboa o reforço apontavam para três operadores, nomeadamente a CP nas linha de Sintra, a partir do Cacém e Amadora, e os terminais da Pontinha, Sete Rios e Entrecampos.

Na linha de Sintra, está previsto um reforço da oferta na hora de ponta da manhã entre as estações ferroviárias do Cacém e da Amadora e estações do Metropolitano de Lisboa.

Já na Fertagus, haverá autocarros diretos da estação do Pragal para Lisboa, entre as 06:20 e as 08:00, enquanto no sentido inverso a circulação será feita entre as 17:10 e as 18:10.

Na Metro Transportes do Sul haverá reforço nas viagens por autocarro de turismo de Corroios para Cacilhas, entre as 07:20 e as 08:00 e, no regresso, entre as 16:00 e as 18:15.

À semelhança do que acontecia em dias de greves de comboios, as informações sobre os reforços nos transportes será disponibilizada pelas operadores junto às estações da CP e/ou paragens de autocarro.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório