Meteorologia

  • 17 JANEIRO 2021
Tempo
10º
MIN 5º MÁX 15º

Edição

PSI20 destaca-se nos ganhos da Europa ao subir 1,30%

A bolsa de Lisboa fechou hoje em alta, com o índice PSI20 a avançar 1,30% para 4.424,15 pontos, acima dos ganhos registados nas principais praças europeias.

PSI20 destaca-se nos ganhos da Europa ao subir 1,30%
Notícias ao Minuto

17:37 - 20/11/20 por Lusa

Economia PSI20

Das 17 cotadas que integram o PSI20, 16 subiram e uma ficou inalterada. Os CTT destacaram-se nas subidas, somando 4,06% para 2,43 euros.

Altri registou uma subida acentuada de 3,79% para 4,11 euros, após ter divulgado na quinta-feira ao final da tarde que teve cerca de 24,3 milhões de euros de lucro nos primeiros nove meses do ano, menos 73,2% do que em igual período do ano passado.

De janeiro a setembro, a empresa que opera no setor da produção de pastas de eucalipto e gestão florestal, registou 469,5 milhões de euros de receitas, valor que compara com 582,1 milhões de euros em igual período do ano anterior.

Nas maiores subidas do PSI20, ficaram ainda a Semapa (2,65% para 8,13 euros), a EDP Renováveis (1,97% para 17,60 euros), a REN (1,80% para 2,26 euros) e a EDP (1,57% para 4,52 euros).

Entre as cotadas com ganhos inferiores a 1%, a NOS subiu 0,65% para 2,80 euros, o BCP 0,64% para 0,11 euros, a Sonae SGPS 0,49% para 0,61 euros, a Galp 0,36% para 8,85 euros e a Jerónimo Martins 0,11% para 13,93 euros.

Ibersol, que hoje ficou inalterada em 4,40 euros, comunicou após o fecho da bolsa que registou um prejuízo de 36,9 milhões de euros até setembro, valor que compara com um resultado líquido positivo de 10,5 milhões de euros, apurado em igual período do ano anterior.

"O resultado líquido consolidado no final dos primeiros nove meses atingiu o valor de -36,9 milhões de euros, que compara com o registado em 2019 no montante de 10,5 milhões de euros", lê-se no comunicado remetido à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

No resto da Europa, Milão subiu 0,79%, Madrid 0,60%, Frankfurt e Paris ganharam 0,39% e Londres 0,27%, com os mercados a terminarem a semana serenamente, depois de nos últimos dias terem sido divulgados avanços no desenvolvimento de vacinas contra a covid-10.

"Os mercados antecipam um regresso parcial à normalidade em 2021 e na totalidade em 2022", afirmou Xavier Girard, perito em investimentos financeiros no Milleis Banque, citado pela AFP.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório