Meteorologia

  • 24 NOVEMBRO 2020
Tempo
16º
MIN 9º MÁX 18º

Edição

Delegação da CGTP presta homenagem a Kalidás Barreto

Uma delegação da CGTP-IN vai prestar hoje homenagem, em Castanheira de Pera (Leiria), ao dirigente histórico da central sindical Kalidás Barreto que morreu sexta-feira aos 88 anos.

Delegação da CGTP presta homenagem a Kalidás Barreto
Notícias ao Minuto

16:25 - 31/10/20 por Lusa

Economia Óbito

A secretária-geral da CGTP, Isabel Camarinha, integra a delegação da Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses que vai prestar homenagem junto da família de Kalidás Barreto em Castanheira de Pera.

"Foi com profundo pesar que recebemos a notícia do falecimento de Kalidás Barreto, dirigente histórico da CGTP-IN, com grande prestígio junto dos trabalhadores e estrutura sindical", refere Isabel Camarinha numa mensagem sobre a morte de um dos cofundadores da central sindical.

A secretária-geral da CGTP sublinha que Kalidás Barreto foi um "acérrimo defensor da unidade dos trabalhadores, contra o divisionismo sindical, teve um importante papel na realização do Congresso de todos os sindicatos realizado em Janeiro de 1977, no qual lhe coube a primeira intervenção em defesa da unidade sindical, consubstanciada na CGTP-Intersindical Nacional".

"Prestamos-lhe sentida homenagem e saudamos a sua vida dedicada aos trabalhadores. Kalidás Barreto foi um activo sindicalista, desde a primeira hora, no processo de fundação da intersindical e um incansável defensor do seu carácter unitário. A sua morte constitui uma perda que muito lamentamos", lê-se na mensagem.

Isabel Camarinha manifesta "as mais sentidas condolência" à família e a todos que com quem trabalharam e conviveram com o dirigente histórico e garante que a CGTP-IN vai prosseguir "a luta a que Kalidás Barreto se dedicou em defesa dos direitos e interesses dos trabalhadores, pela valorização do trabalho e dos trabalhadores, por um Portugal com futuro".

Segundo o comunicado, Luís Maria Kalidás da Costa Barreto nasceu em Montemor-o-Novo a 16 de outubro de 1932 e foi dirigente do Sindicato dos Têxteis do Centro e, nessa qualidade, participou numa reunião da intersindical, realizada em Leiria, antes do 25 de Abril, tendo sido também dirigente nacional da Federação dos Sindicatos Têxteis.

Kalidás Barreto foi eleito, sucessivamente, para o Conselho Nacional e para a Comissão Executiva da CGTP--IN, entre 1977 e 1996, e autor de várias publicações, nomeadamente "Subsídios para a História do Movimento Operário em Castanheira de Pera" e "A Organização Profissional dos Trabalhadores Têxteis de Leiria".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório