Meteorologia

  • 25 NOVEMBRO 2020
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 15º

Edição

Analistam estima queda da economia do Brasil abaixo dos 5% este ano

Os analistas do mercado financeiro diminuíram as suas projeções de recuo da economia brasileira este ano, dos 5% calculados na semana passada para 4,81%, segundo um relatório hoje divulgado pelo Banco Central.

Analistam estima queda da economia do Brasil abaixo dos 5% este ano
Notícias ao Minuto

20:54 - 26/10/20 por Lusa

Economia Brasil

É a primeira vez desde maio que analistas de bancos e agências financeiras preveem que a queda do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil, aquela que é a maior economia da América do Sul, se situará abaixo de 5% este ano, após ser duramente afetada pela pandemia de covid-19.

A nova projeção faz parte do relatório "Focus", uma pesquisa que o Banco Central realiza semanalmente com cerca de cem economistas e analistas de entidades do mercado financeiro.

Os analistas têm vindo a melhorar as projeções desde junho, quando, num momento de paralisação de quase todas as atividades económicas devido às medidas de distanciamento social impostas para conter o novo coronavírus, chegaram a prever que o PIB brasileiro sofreria uma queda de 6,54%.

Em janeiro deste ano, antes de a economia ser atingida pela pandemia, economistas previam que o Brasil terminaria o ano com um crescimento de 2,3% e que finalmente o país começaria a recuperar-se da histórica recessão que sofreu entre 2015 e 2016, quando o seu PIB caiu cerca de sete pontos percentuais.

Em 2017, 2018 e 2019, a economia brasileira recuperou-se de forma muito ligeira, sempre com índices próximos a 1%.

Contudo, a recuperação vivida pela economia brasileira nos últimos meses devido à rápida reabertura económica e diminuição das medidas de isolamento tem levado tanto o mercado, quanto o Governo e organizações multilaterais, a melhorar as suas projeções para o PIB este ano.

A economia contraiu 9,7% no segundo trimestre do ano, mas os indicadores da indústria, serviços e comércio dos últimos meses mostram uma sólida recuperação.

O Banco Mundial, que chegou a prever uma queda de 8%, agora calcula que o Brasil encerrará 2020 com retração de 5,4%, uma percentagem acima do valor projetado pelo próprio Governo (4,7%) e agora pelos economistas (4,81%).

Se alguma das projeções se concretizar, a economia brasileira sofrerá este ano uma das suas maiores quedas históricas.

Para 2021, os economistas de mercado estimam que a economia brasileira terá uma forte recuperação, atingindo um crescimento de 3,42%. Até à semana passada, a projeção para a expansão do PIB em 2021 era de 3,47% e há quatro semanas de 3,50%.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório