Meteorologia

  • 22 OUTUBRO 2020
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 19º

Edição

Preço do barril de petróleo Brent aumenta para 42,25 dólares

O preço do barril de petróleo Brent, para entrega em novembro, terminou hoje no mercado de futuros de Londres em 42,45 dólares, mais 1,26% do que o final da última sessão.

Preço do barril de petróleo Brent aumenta para 42,25 dólares
Notícias ao Minuto

21:00 - 28/09/20 por Lusa

Economia Petróleo

O crude do mar do Norte, que serve de referência para a Europa, concluiu a jornada na International Exchange Futures com um aumento de 0,53 dólares em relação à última negociação (41,92 dólares).

O preço do barril de petróleo Brent aumentou na sequência das expectativas do mercado de que uma greve do setor petrolífero na Noruega tenha impacto na produção.

A tensão entre a Arménia e o Azerbaijão também contribuiu para um aumento da cotação do Brent, de acordo com os analistas, uma vez que se trata de uma região com importantes infraestruturas petrolíferas.

O Azerbaijão e a Arménia acusam-se mutuamente de terem iniciado as hostilidades no domingo e declararam a lei marcial, mantendo uma linguagem hostil.

Além de ter declarado a lei marcial no país, o Azerbaijão fez também saber que o recolher é obrigatório na capital, Baku, e em várias outras cidades importantes, após a escalada de violência entre separatistas de Nagorno-Karabakh, apoiados pela Arménia, e as forças azeris.

A Arménia e o Azerbaijão estão em estado de guerra desde 1991, embora três anos depois tenham assinado um cessar-fogo, que vigora até hoje, apesar de violações por ambas as partes.

Nagorno-Karabakh é uma região separatista do Azerbaijão, habitada principalmente por arménios.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório