Meteorologia

  • 26 OUTUBRO 2020
Tempo
10º
MIN 10º MÁX 18º

Edição

IATA pede testes para passageiros antes dos voos em vez quarentena

A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) pediu hoje que a imposição de quarentena seja substituída por testes rápidos de covid-19 aos passageiros antes dos voos, anunciando que vai cooperar com autoridades de saúde para esta solução ser adotada.

IATA pede testes para passageiros antes dos voos em vez quarentena
Notícias ao Minuto

19:06 - 22/09/20 por Lusa

Economia Testes Rápidos

"A IATA apela ao desenvolvimento e adoção de testes de covid-19 rápidos, precisos, acessíveis, fáceis de operar, ajustáveis e sistemáticos para todos os passageiros antes da partida [de um voo] como uma alternativa às medidas de quarentena, visando voltar a estabelecer a conectividade aérea global", defende em comunicado a associação que junta 290 companhias aéreas a nível mundial, incluindo a portuguesa TAP.

Numa altura em que o tráfego aéreo na Europa regista quebras na ordem dos 50% face ao período homólogo de 2019 e as viagens internacionais caem 90% em termos homólogos, a IATA acrescenta que irá "trabalhar com a Organização da Aviação Civil Internacional [ICAO] e com as autoridades de saúde para implementar esta solução rapidamente".

O setor da aviação, que abrange cerca de 65,5 milhões de empregos a nível mundial, tem sido um dos mais afetados pela pandemia de covid-19, inicialmente pelas restrições adotadas logo no início do surto, mas mais recentemente por outro tipo de medidas restritivas, como a imposição de quarentena, o que tem levado a uma baixa procura, muito abaixo do esperado.

"Mais de meio ano passou desde que a conectividade global foi destruída, dado que os países fecharam as suas fronteiras para lutar contra a covid-19. Entretanto, alguns governos reabriram cautelosamente as fronteiras, mas a procura tem sido limitada porque medidas como [a imposição de] quarentena tornam as viagens impraticáveis", observa a IATA.

Acresce que "as mudanças frequentes nas medidas tornam impossível o planeamento [de voos]", acrescenta.

Dados da IATA revelam que a pandemia de covid-19 já gerou perdas superiores a 300 mil milhões de euros a nível mundial, quando se previa prejuízos avultados de perto de 70 mil milhões de euros este ano.

O presidente executivo da IATA, Alexandre de Juniac, assinala em nota de imprensa que "a chave para restaurar a liberdade de circulação através das fronteiras é estabelecer testes à covid-19 para todos os viajantes antes da partida".

"Isso dará aos governos a confiança para abrir as suas fronteiras sem modelos de risco complicados e sem mudanças constantes nas regras impostas às viagens. Testar todos os passageiros dará às pessoas a liberdade de viajar com confiança", adianta.

Um inquérito 'online' realizado entre 25 e 31 de agosto pela IATA a quase 5.000 pessoas a nível mundial -- na Austrália, Canadá, Chile, França, Alemanha, Emirados Árabes Unidos, Estados Unidos, Índia, Japão, Reino Unido e Singapura -- mostra um "forte apoio" à implementação de testes recorrentes à covid-19 antes das viagens.

Dos inquiridos, 84% concordaram que o teste deve ser exigido a todos os viajantes, 88% indicaram que estão dispostos a submeter-se a testes antes de viajar e 65% rejeitaram a imposição de quarentena perante testes negativos.

Dados da Organização Europeia para a Segurança da Navegação Aérea (Eurocontrol) indicam que estão a ser operados perto de 16 mil voos diários na Europa, quando se registavam habitualmente nesta altura do ano, mais de 37 mil, o que significa uma quebra de 45%.

Atualmente, os passageiros são submetidos a medidas como a utilização obrigatória de máscara a bordo e nos aeroportos e ao preenchimento de formulários para rastreamento de contactos, sendo sempre responsabilidade de quem viaja informar-se sobre as medidas restritivas adotadas pelos governos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório