Meteorologia

  • 17 ABRIL 2021
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 23º

Edição

Sonae considera que valor proposto pela Efanor na OPA é adequado

As administrações da Sonae Indústria e da Sonae Capital consideraram na quinta-feira que o valor proposto pela Efanor na "oferta pública geral e voluntária de aquisição de ações representativas do capital social" é adequada ao valor das empresas.

Sonae considera que valor proposto pela Efanor na OPA é adequado
Notícias ao Minuto

06:28 - 28/08/20 por Lusa

Economia Sonae

De acordo com dois comunicados colocados esta noite no 'site' da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), as administrações consideram que o valor para os acionistas é adequado à operação.

"Face aos dados e informação expostos e à luz da informação existente sobre a Sociedade e da atual situação financeira e perspetivas de mercado para a Sonae Indústria, a opinião do Conselho de Administração é que a contrapartida da oferta de 1,14 euros por ação afigura-se justa e adequada", lê-se no texto disponibilizado pelo conselho de administração da Sonae Indústria.

Na Sonae Indústria, a Efanor detém, diretamente ou por outras vias, direitos de voto "inerentes a 31.150.266 ações representativas de cerca de 68,608% do capital social e direitos de voto".

A contrapartida oferecida pela Efanor na proposta divulgada no final de julho é de 1,14 euros por ação e incorpora "um prémio de 68,4%" em relação ao preço médio ponderado das ações nos seis meses imediatamente antes de 30 de julho deste ano, de 0,667 euros, segundo o comunicado. Em relação ao preço de hoje, o prémio é de 77%, adiantou a sociedade.

A eficácia da oferta "ficará subordinada a que a oferente [Efanor] passe a deter, em consequência de oferta pública de aquisição, mais de 90% dos direitos de voto" da Sonae Indústria, segundo a nota divulgada em julho.

No que diz respeito à Sonae Capital, a Efanor detém 157.004.263 ações, representativas de cerca de 62,8% do capital social e 63,7% dos direitos de voto, oferecendo uma contrapartida de 0,7 euros por ação, um valor que implica um prémio de 29,4% face à média dos últimos seis meses e 46,8% em relação ao preço dos títulos no dia de hoje.

As condições para o sucesso e a possibilidade de a Sonae Capital perder, ela também, o estatuto de sociedade aberta (saída de bolsa) são semelhantes às da Sonae Indústria.

"No que diz respeito ao valor da contrapartida, o Conselho de Administração considera-o justificável e passível de ser aceite pelos senhores acionistas", diz a administração da Sonae Capital na resposta colocada no 'site' da CMVM.

A Sonae Indústria tem 31,39% do seu capital em 'free float' (disperso em bolsa), um valor que na Capital é de 28,69%. Neste último caso, além do 'free float', 8,51% das ações são detidas por acionistas com participações qualificadas, ou seja, mais de 2%, incluindo a Quaero Capital, S.A. (5,04%) e o Norges Bank (2,19%), de acordo com informação nos 'sites' das empresas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório