Meteorologia

  • 28 SETEMBRO 2020
Tempo
18º
MIN 15º MÁX 27º

Edição

Bolsa de Lisboa em baixa com Ibersol e Sonae SGPS a desvalorizarem-se

O principal índice da bolsa, o PSI20, desceu 0,82% para 4.441,63 pontos,

Bolsa de Lisboa em baixa com Ibersol e Sonae SGPS a desvalorizarem-se
Notícias ao Minuto

09:40 - 14/08/20 por Lusa

Economia Mercado

A bolsa de Lisboa mantinha hoje a tendência de baixa da abertura, com a Ibersol e a Sonae SGPS a desvalorizarem-se 2,51% para 5,44 euros e 1,30% para 0,61 euros.

Cerca das 09:05 em Lisboa, o principal índice da bolsa, o PSI20, descia 0,82% para 4.441,63 pontos, com 11 'papéis' a descerem, dois a subirem e três inalterados (Corticeira Amorim, Novabase e Sonae Capital).

As ações do BCP estavam a cair 1,13% para 0,11 euros.

Aos 'papéis' da Ibersol, Sonae SGPS e BCP, seguiam-se os da Semapa, Galp Energia e da Navigator, que registavam perdas de 1,11% para 8,04 euros, 1,03% para 9,57 euros e de 0,95% para 2,29 euros, respetivamente.

Em contrapartida, em sentido inverso, as ações da Pharol e da REN eram as que mais se valorizavam, já que subiam 0,87% para 0,12 euros e 0,40% para 2,48 euros.

Na Europa, as principais bolsas abriram hoje em baixa, depois da divulgação de indicadores macroeconómicos da China inferiores aos previstos pelos analistas.

Hoje foi anunciado que na China a produção industrial cresceu 4,8% em julho e que as vendas a retalho recuaram 1,1%, valores inferiores aos previstos pelos especialistas do mercado.

Os investidores hoje vão estar pendentes da evolução do Produto Interno Bruto (PIB) no segundo trimestre na zona euro e das vendas a retalho e produção industrial nos Estados Unidos, bem como do índice de confiança do consumidor da Universidade de Michigan.

Na quinta-feira, a bolsa de Nova Iorque fechou mista, com o Dow Jones a recuar 0,29% para 27.896,72 pontos, contra 29.551,42 pontos em 12 de fevereiro, atual máximo desde que foi criado em 1896.

Em sentido contrário, o Nasdaq fechou a subir 0,27% para 11.042,50 pontos, contra o atual máximo de sempre, de 11.108,07 pontos, em 06 de agosto.

A nível cambial, o euro abriu hoje em baixa no mercado de câmbios de Frankfurt, mas a cotar-se a 1,1809 dólares, contra 1,1817 dólares na quinta-feira e o máximo desde 15 de maio de 2018, de 1,1880 dólares em 06 de agosto.

O barril de petróleo Brent para entrega em outubro abriu com tendência ascendente, a cotar-se a 44,99 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, contra 44,96 dólares na quinta-feira.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório