Meteorologia

  • 28 SETEMBRO 2020
Tempo
18º
MIN 15º MÁX 27º

Edição

Volume de negócios das empresas da Madeira aumentou 4,7% em 2018

O volume de negócios das empresas da Madeira aumentou 4,7% em 2018, um crescimento inferior ao registado pelo total das empresas (6,5%) nacionais, segundo foi hoje anunciado pelo Banco de Portugal (BdP).

Volume de negócios das empresas da Madeira aumentou 4,7% em 2018
Notícias ao Minuto

14:01 - 04/08/20 por Lusa

Economia BdP

No estudo do BdP, hoje divulgado, é referido que a subida naquela região autónoma "esteve associada, essencialmente, a vendas e prestações de serviços dirigidas ao mercado interno".

Mas apesar deste indicador, o estudo aponta que "ainda assim, as exportações também contribuíram para o aumento do volume de negócios agregado das empresas da região, situação verificada pelo segundo ano consecutivo".

O EBITDA - lucros antes de juros, impostos, depreciações e amortizações - gerado pelas empresas aumentou 2% em 2018, subida similar à registada no total das empresas, sendo que a rendibilidade dos capitais próprios ascendeu a 8%, valor igualmente semelhante ao registado no total das empresas.

Segundo o BdP, em 2018, a autonomia financeira agregada das empresas com sede na Madeira foi de 45%, valor superior ao registado no total das empresas (35%).

No entanto, 31% das empresas da região apresentavam, nesse ano, capitais próprios negativos (26% no total das empresas), enquanto a dívida remunerada correspondia a 46% do passivo das empresas (53% no total das empresas).

Em relação aos empréstimos, estes "representavam a maior parcela da dívida remunerada (55%)", sendo que os financiamentos de empresas do grupo "assumiam particular destaque para as empresas da região, ao representarem 33% da dívida remunerada.

O banco central adianta que entre 2017 e 2018, o passivo das empresas da região diminuiu 4% (aumento de 1% no total das empresas), descida "justificada, em maior medida, pela redução de 6% da dívida remunerada".

De acordo com a informação da Central de Responsabilidades de Crédito do BdP, em 2019, 2% dos empréstimos concedidos pelo sistema bancário residente às empresas portuguesas estavam associados a empresas com sede na Madeira.

Nesta região, o rácio de empréstimos vencidos era de 8,1%, valor superior ao registado no total das empresas (4,7%), não obstante a diminuição de 14,5 pontos percentuais face ao verificado no final de 2014.

Na Região Autónoma da Madeira, em 2018, 7% das empresas realizaram exportações e 5% integraram o setor exportador, tendo cerca de 35% do volume de negócios sido gerado por empresas ligadas ao setor exportador, percentagem similar à registada no total das empresas.

O documento do BdP revela que em 2018 as empresas com sede na Zona Franca da Madeira (ZFM) representavam 7% das empresas com sede na região, e eram responsáveis por 10% das pessoas ao serviço e por 33% do volume de negócios.

"Entre 2014 e 2018, não obstante o aumento do peso destas empresas quanto ao seu número (2 pontos percentuais) e quanto à parcela de pessoas ao serviço (4 pontos percentuais), a expressividade das empresas sediadas na ZFM diminuiu 12 pontos percentuais no tecido empresarial regional, atendendo ao volume de negócios gerado", refere-se no estudo agora divulgado.

Em 2018, estavam sediadas na Madeira 11 mil empresas, as quais representavam 2,4% do total das empresas em atividade em Portugal e eram responsáveis por 1,7% do volume de negócios (6,5 mil milhões de euros) e 1,9% das pessoas ao serviço (59 mil pessoas).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório