Meteorologia

  • 25 FEVEREIRO 2021
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 15º

Edição

INE divulga números do PIB do segundo trimestre

O Instituto Nacional de Estatística (INE) divulga hoje o Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre, um período que compreende o estado de emergência e as medidas de confinamento tomadas devido à pandemia de covid-19.

INE divulga números do PIB do segundo trimestre
Notícias ao Minuto

06:29 - 31/07/20 por Lusa

Economia INE

Na agenda do 'site' do INE foi publicada uma nota que dá conta da antecipação da divulgação dos números do PIB do segundo trimestre para hoje.

"Dado o contexto atual em que o conhecimento de informação económica, ainda que por vezes incompleta, tem uma particular urgência, o INE antecipa a divulgação de resultados para o 2.º trimestre de 2020, tal como se espera que aconteça com outros estados membros da União Europeia", justifica.

No dia 29 de maio, o INE reviu a queda do PIB no primeiro trimestre para -2,3%, melhorando em 0,1 pontos percentuais a estimativa rápida que tinha divulgado no dia 15 do mesmo mês, de -2,4%.

A queda de 2,3% seguiu-se ao aumento de 2,2% no trimestre anterior, o último de 2019.

"A contração da atividade económica refletiu o impacto da pandemia covid-19 que se fez sentir de forma significativa no último mês do trimestre", podia ler-se na nota do INE divulgada na altura.

O contributo da procura externa líquida para a variação homóloga do PIB passou de positivo no quarto trimestre (de 1,1 pontos percentuais) a negativo, para - 1,3 pontos percentuais, observando-se uma diminuição mais intensa das exportações de bens e serviços (-4,9%) que a observada nas importações de bens e serviços (-2,0%).

A procura interna apresentou um contributo negativo (-1,1 pontos percentuais), pela primeira vez desde o terceiro trimestre de 2013, em resultado da diminuição do consumo privado e do investimento.

Comparativamente com o quarto trimestre de 2019, o PIB diminuiu 3,8% em termos reais (variação em cadeia de 0,7% no trimestre anterior), verificando-se um contributo negativo da procura externa líquida (-1,8 pontos percentuais) para a variação em cadeia do PIB, após ter sido positivo (1,5 pontos percentuais) no trimestre anterior.

A procura interna registou um contributo mais negativo que no trimestre anterior, passando de -0,7 pontos percentuais para -2,0 pontos percentuais no primeiro trimestre.

As medidas para combater a pandemia paralisaram setores inteiros da economia mundial e levaram o Fundo monetário Internacional (FMI) a fazer previsões sem precedentes nos seus quase 75 anos: a economia mundial poderá cair 4,9% em 2020, arrastada por uma contração de 8% nos Estados Unidos, de 10,2% na zona euro e de 5,8% no Japão.

Para Portugal, a Comissão Europeia prevê que a economia recue 9,8% do PIB em 2020, uma contração acima da anterior projeção de 6,8% e da estimada pelo Governo português, de 6,9%.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório