Meteorologia

  • 15 AGOSTO 2020
Tempo
24º
MIN 16º MÁX 26º

Edição

Dezenas de espaços noturnos em Berlim recebem 81 mil euros de apoio

Várias dezenas de clubes e salas de concertos de Berlim, fechados há quatro meses por causa da pandemia de covid-19, receberam, cada um, uma média de 81.000 euros de apoio, segundo dados publicados hoje no diário Tagesspiegel.

Dezenas de espaços noturnos em Berlim recebem 81 mil euros de apoio
Notícias ao Minuto

16:10 - 12/07/20 por Lusa

Economia Covid-19

Os pilares da vida noturna, principalmente clubes de 'techno', que construíram a reputação de "cidade das festas" de Berlim, estão em grande parte numa situação financeira difícil, desde que encerraram em 14 de março, devido à propagação do novo coronavírus.

A cidade-Estado de Berlim decidiu conceder um apoio de emergência a 46 clubes, festivais e salas de concerto, de acordo com números comunicados por Georg Kössler, eleito no parlamento local pelo partido Verdes, citado pelo Tagesspiegel.

Entre os clubes que receberam o apoio, estão alguns conhecidos para além da capital alemã, como o Tresor, o Kater Club ou o clube Schwuz.

"Devemos assegurar-nos de que estes clubes não desaparecem, porque são uma parte importante de Berlim e estão entre os setores mais afetados pela crise do coronavírus", defendeu o ecologista eleito, citado pelo diário de Berlim.

"Quero que as pessoas possam dançar e festejar quando os tempos do coronavírus terminarem, para que os nossos clubes possam sobreviver", acrescentou.

Apesar de um amplo abrandamento nas restrições ligadas à pandemia de covid-19 em toda a Alemanha, até ao momento ainda não há data prevista para a reabertura de clubes e discotecas.

A Alemanha decidiu proibir até ao final de outubro grandes ajuntamentos.

O responsável dos Assuntos Culturais de Berlim, Klaus Lederer, abriu as portas no mês passado a novas ajudas para os inúmeros espaços culturais da capital e, depois de em maio ter desbloqueado 30 milhões de euros em apoio de emergência, anunciou agora mais 60 milhões. 

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 565 mil mortos, incluindo 1.660 em Portugal.

As medidas para combater a pandemia paralisaram setores inteiros da economia mundial e levaram o Fundo monetário Internacional (FMI) a fazer previsões sem precedentes nos seus quase 75 anos: a economia mundial poderá cair 3% em 2020, arrastada por uma contração de 5,9% nos Estados Unidos, de 7,5% na zona euro e de 5,2% no Japão.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório