Meteorologia

  • 05 AGOSTO 2020
Tempo
30º
MIN 19º MÁX 34º

Edição

TAP mais longe da nacionalização? Acordo será fechado nas próximas horas

Há uma solução em cima da mesa que afasta Neeleman da TAP. O Estado passará a ter mais de 70% do capital da companhia aérea e o outro acionista, Humberto Pedrosa, ficará com os restantes 30%. Se esta 'nova' estrutura acionista se confirmar, está afastado o cenário de nacionalização.

TAP mais longe da nacionalização? Acordo será fechado nas próximas horas

Com avanços e recuos é assim que podemos caracterizar o processo de negociações em torno da ajuda do Estado à TAP. Se, por um lado, a nacionalização da companhia aérea já pareceu uma realidade mais próxima, por outro, os desenvolvimentos mais recentes dão conta de que um acordo com os privados pode estar por horas - em linha com o que adiantou o primeiro-ministro, António Costa, na quarta-feira

Ainda assim, Costa terá perdido a aposta. "Se tivesse de apostar diria que hoje [quarta-feira] será o dia da solução para a TAP", disse ontem o primeiro-ministro. Mas não foi. Pelo menos, nenhum acordo oficial foi tornado público, apesar de continuarem as negociações nos bastidores.  

Já esta quinta-feira, a SIC Notícias adianta que o acordo será fechado nas próximas horas, sendo que o Governo está prestes a chegar a acordo para comprar a posição da companhia brasileira Azul, presidida por David Neeleman, na TAP. Esta solução evita a nacionalização, cujo diploma poderia ser levado ainda esta quinta-feira a Conselho de Ministros. 

O canal televisivo detalha ainda que a Azul está "prestes a ceder à exigência do Governo", que inclui a desistência do direito de converter um empréstimo feito à TAP, no valor de 90 milhões de euros, em capital da transportadora portuguesa. 

Se esta solução for para a frente, Neeleman sai da TAP. O Estado passará a ter mais de 70% do capital da companhia aérea e o outro acionista, Humberto Pedrosa, ficará com os restantes 30%. Se esta 'nova' estrutura acionista se confirmar, está afastado o cenário de nacionalização, que nos últimos dias esteve em cima da mesa

Costa queria afastar nacionalização?

O primeiro-ministro mostrou-se confiante numa solução "estável" para a TAP, na quarta-feira, que passaria por um acordo com os privados, evitando assim a nacionalização. Porém, deixou claro: "se for necessário" o Governo cá estará para responder de outra forma. 

"A TAP está a caminho de ter uma solução estável que assegure a Portugal manter a sua companhia, que é fundamental para a nossa continuidade territorial, para a nossa ligação ao mundo, para o desenvolvimento económico do país", disse o primeiro-ministro, quando questionado sobre se a TAP estava no caminho da nacionalização. 

Em resposta sobre se o Governo deseja que o empresário David Neeleman saia da TAP, Costa não respondeu à pergunta e limitou-se a referir que não teve "oportunidade nas últimas horas de ter informações" sobre esta matéria. Talvez o dia de hoje traga mais informações sobre o assunto.  

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório