Meteorologia

  • 18 JUNHO 2021
Tempo
17º
MIN 15º MÁX 22º

Edição

Centros comerciais de Lisboa preparados para reabertura total

Os centros comerciais de Lisboa estão preparados para reabrir em pleno na próxima segunda-feira, garantindo as condições de segurança, defendeu a Associação Portuguesa de Centros Comerciais (APCC), congratulando-se com a decisão do Governo.

Centros comerciais de Lisboa preparados para reabertura total
Notícias ao Minuto

20:01 - 09/06/20 por Lusa

Economia Covid-19

"A Associação Portuguesa de Centros Comerciais reafirma que os centros comerciais associados da Área Metropolitana de Lisboa e os seus lojistas estão preparados para voltar a funcionar em pleno a partir de 15 de junho, garantindo todas as condições de segurança aos visitantes e colaboradores", sublinhou, em comunicado, a APCC.

Citado no mesmo documento, o presidente da associação congratulou-se com a decisão do executivo de "finalmente permitir a reabertura em pleno" destes espaços.

António Sampaio de Mattos vincou que os centros comerciais de Lisboa têm todas as condições para voltar a abrir portas em segurança, cumprindo as regras estabelecidas, tal como demonstraram os espaços que desde o dia 01 de junho reabriram sem limitações.

Segundo este responsável, os centros comerciais fizeram "investimentos relevantes em equipamentos e formação" e, no resto do país, estão atualmente a operar com uma limitação máxima de cinco visitantes por cada 100 metros quadrados de área destinada ao público, garantindo o distanciamento social.

António Sampaio de Mattos lembrou ainda que a Área Metropolitana de Lisboa concentra 35% dos centros comerciais do país e que estes asseguram metade do emprego total gerado pelo setor.

"A reabertura total destes espaços terá um impacto significativo na recuperação económica e na preservação dos postos de trabalho", concluiu.

Também hoje a Mundicenter anunciou que os seus nove centros comerciais, onde se inclui o Amoreiras, Oeiras Parque e Strada Outlet, voltam a funcionar em pleno na segunda-feira, com regras de segurança e higiene reforçadas, mitigando o risco de contágio pela covid-19.

A Área Metropolitana de Lisboa deixa de ter restrições ao desconfinamento a partir de segunda-feira, podendo abrir os centros comerciais e as Lojas do Cidadão, anunciou hoje o primeiro-ministro, António Costa.

"Decidimos eliminar, a partir da próxima segunda-feira, as restrições que ainda existem diferenciadas relativamente ao conjunto do país, designadamente permitir a abertura dos centros comerciais de acordo com as regras definidas pela Direção-Geral da Saúde", afirmou António Costa, depois da reunião de hoje do Conselho de Ministros.

Há cerca de duas semanas, o Governo decidiu adiar na Área Metropolitana de Lisboa o levantamento de algumas restrições previstas na terceira fase de desconfinamento, impondo regras especiais sobretudo relacionadas com atividades com "grandes aglomerações de pessoas".

A manutenção do fecho dos centros comerciais e das Lojas do Cidadão, a limitação dos ajuntamentos a 10 pessoas (a nível nacional o limite é de 20) e o reforço da vigilância epidemiológica estavam entre as medidas tomadas.

Portugal contabiliza pelo menos 1.492 mortos associados à covid-19 em 35.306 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório