Meteorologia

  • 05 JULHO 2020
Tempo
26º
MIN 18º MÁX 37º

Edição

Tarifas de gás natural baixam em julho e (mais) a partir de outubro

A descida no próximo mês de julho será de 3,3% em julho e a parti de outubro de 2,2%, anunciou esta segunda-feira a ERSE - Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos

Tarifas de gás natural baixam em julho e (mais) a partir de outubro

Num "contexto de incerteza devido à pandemia de COVID-19", e tendo em conta o "impacte potencialmente forte no nível de procura de gás natural", a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) informa que "aprova as tarifas e preços de gás natural para o próximo ano gás, referente a 1 de outubro de 2020 a 30 de setembro de 2021".

E, "simultaneamente, é atualizada a partir de 1 de julho a componente de energia da tarifa de gás natural que vigorará até setembro próximo", informa a ERSE, em comunicado enviado às redações.

A descida surge "na sequência da baixa de preços do gás natural nos mercados internacionais", tendo, por isso, a ERSE aprovado "uma descida do preço da tarifa de energia aplicada ao mercado regulado, de 2 euros por MWh, a vigorar entre 1 de julho e 30 de setembro de 2020".

"A alteração reflete-se diretamente em todas as tarifas que integram a tarifa de energia, nomeadamente a tarifa transitória de venda a clientes finais e a tarifa social de venda a clientes finais", esclarece.

Na prática, e de acordo com exemplos calculados pelo regulador, "um casal sem filhos e com um consumo tipo 138 m3/ano" e cuja faturação mensal é de 12,15 euros, vai registar uma redução de "32 cêntimos". Já "um casal com dois filhos e um consumo tipo 292 m3/ano", correspondente a uma fatura mensal de 23,07, vai vê-la reduzida em "71 cêntimos".

Sendo que, a partir de outubro deste ano, esse valor mensal sofrerá nova baixa, corresponde a menos 53 cêntimos no primeiro exemplo, e a 1,18 euros no segundo.

No que diz respeito à tarifa social, esses consumidores "beneficiarão de um desconto de 31,2% determinado com base nas tarifas transitórias de Venda a Clientes Finais, conforme despacho do membro do Governo responsável pela área da energia. O desconto é aplicado automaticamente independentemente do consumidor estar no mercado regulado ou no mercado livre".

[Notícia atualizada às 20h03]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório