Meteorologia

  • 10 JULHO 2020
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 31º

Edição

Sindicatos aceitam proposta da EDP de aumento de 80 euros nos salários

A Federação Intersindical das Indústrias Metalúrgicas, Químicas, Elétricas, Farmacêutica, Celulose, Papel, Gráfica, Energia e Minas (Fiequimetal)aceitou a proposta de tabela salarial da EDP garantindo um aumento médio de 80 euros mensal para os salários mais baixos.

Sindicatos aceitam proposta da EDP de aumento de 80 euros nos salários
Notícias ao Minuto

10:31 - 30/05/20 por Lusa

Economia EDP

Em comunicado, emitido na sexta-feira à noite, a Fiequimetal adianta que a proposta de revisão salarial prevê ainda a subida do salário de admissão na EDP para os 1.000 euros, sem que esta medida comprometa a evolução salarial da generalidade dos trabalhadores.

Assinalando que este acordo não usa a percentagem como regra absoluta para definir a atualização salarial, mas um valor em numerário como meio de aproximação dos salários, algo que sucede pela primeira vez, esta estrutura sindical considera, por isso, que o acordo alcançado tem uma "expressão extremamente importante, não por ser globalmente um resultado de excelência', mas por alterar questões que eram intransponíveis, até agora".

"Só a pressão realizada pelos trabalhadores e os sindicatos da Fiequimetal permitiu inverter a tendência de desvalorização dos salários nas bases remuneratórias mais baixas", lê-se no mesmo comunicado que refere o facto de este acordo incorporar uma reivindicação dos sindicados que, desde 2014, exigiam a subida do salário base de entrada, o que vai ser concretizado com a eliminação do nível 1 desta base de entrada passando a ser considerado o nível 2.

Em paralelo, os níveis 3, 4 e 5 desta mesma base remuneratória terão igualmente uma atualização superior ao aumento mínimo para as bases remuneratórias seguintes.

Esta medida, acentua a Fiequimetal, "atenua o fosso salarial", ao garantir um amento médio de cerca de 80 euros para as bases remuneratórias mais baixas (do nível 3 ao 5).

Nas bases remuneratórias mais altas (dos níveis 8 a 22), o aumento será de 1%, arredondado ao euro superior, tal como para as restantes rubricas de expressão pecuniária, estas arredondadas ao cêntimo.

Em 06 de maio a EDP apresentou aos sindicatos uma proposta de aumento salarial de 0,6%, que foi considerada insuficiente pelos representantes dos trabalhadores.

No decurso das negociações entretanto realizadas, a Fiequimetal, umas das estruturas sindicais mais representativas dos trabalhadores da EDP, baixou a sua proposta salarial de 90 euros por trabalhador para 80 euros por trabalhador.

Após este acordo salarial, a Fiequemetal quer avançar já com a negociação de outras matérias, algo que começará a ser abordado numa reunião a realizar em 17 de junho.

A EDP, adianta ainda a Fiequimetal, apresentará nesse dia uma listagem dos 140 trabalhadores que estão estagnados há muito tempo e que esta federação exige que sejam reclassificados em funções de nível superior.

A EDP tem cerca de 6.000 trabalhadores.

Leia Também: Total compra à EDP duas centrais de gás e carteira de clientes em Espanha

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório