Meteorologia

  • 05 JULHO 2020
Tempo
35º
MIN 18º MÁX 37º

Edição

Endividamento da economia cresceu para 724,9 mil milhões em março

Os dados foram divulgados, esta quinta-feira, pelo Banco de Portugal.

Endividamento da economia cresceu para 724,9 mil milhões em março

O endividamento da economia cresceu para 724,9 mil milhões de euros em março, mês em que a pandemia do novo coronavírus começou a registar os primeiros casos confirmados em Portugal, de acordo com os dados atualizados pelo Banco de Portugal, esta quinta-feira. 

Os números agora atualizados revelam que o endividamento do setor não financeiro da economia cresceu face aos 723,7 mil milhões de euros registados em fevereiro. Este número era já um máximo de fevereiro do ano passado. 

Ainda assim, a métrica mais importante para medir o endividamento de um país é o seu 'peso' no produto interno bruto (PIB). No final do primeiro trimestre, o endividamento em percentagem do PIB era de  342,2%.

"Em março de 2020, o endividamento do setor não financeiro situava-se em 725,0 mil milhões de euros, dos quais 322,4 mil milhões de euros respeitavam ao setor público e 402,6 mil milhões de euros ao setor privado", pode ler-se. 

Relativamente a fevereiro de 2020, o endividamento do setor não financeiro aumentou 1,3 mil milhões de euros. Este aumento deveu-se ao acréscimo de 1,7 mil milhões de euros do endividamento do setor privado, compensado em parte, pela redução do endividamento do setor público em 0,4 mil milhões de euros.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório