Meteorologia

  • 18 ABRIL 2021
Tempo
22º
MIN 11º MÁX 24º

Edição

PSD elogia postura do Governo e aponta o dedo ao anterior

O deputado do PSD Afonso Oliveira elogiou hoje a postura actuante do Governo da maioria no âmbito dos contratos de risco (swap) no setor público e apontou responsabilidades ao anterior executivo socialista.

PSD elogia postura do Governo e aponta o dedo ao anterior
Notícias ao Minuto

14:52 - 17/12/13 por Lusa

Economia Swaps

"Uma conclusão que se pode tirar é que há responsáveis que são algumas empresas. Há também responsáveis no anterior Governo pela incapacidade de tomar de decisões ou falta de vontade, por empurrar o problema para a frente", afirmou, nos Passos Perdidos da Assembleia da República.

Para o parlamentar "laranja", o Governo liderado por Passos Coelho e Paulo Portas, "quando tomou posse, pegou num problema e resolveu-o".

"Tomou decisões, atuou, assumiu um problema que existia. Não quis adiar esse problema", frisou, descrevendo que "há uma série de empresas, seis empresas públicas, que fizeram dezenas de contratos (56) ´swap', problemáticos, que criaram um risco potencial muito forte", com "um prejuízo potencial para o Estado e para os portugueses muito elevado".

Afonso Oliveira comentava as conclusões da comissão parlamentar de inquérito aos ?swaps' contratados por empresas públicas vão ser enviadas para o Ministério Público "para apuramento de eventuais responsabilidades criminais".

A polémica dos ´swap' instalou-se no início deste ano quando se soube que o IGCP - Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública estimava em 3.000 milhões de euros, no fim de 2012, as perdas potenciais dos ´swap' contratados pelas empresas públicas e que o Governo estava em campo para reestruturar os contratos.

As empresas públicas já pagaram, até ao momento, 1.008 milhões de euros para anular 69 contratos cujas perdas ascendiam a 1.500 milhões de euros. Sobram outros 1.500 milhões de perdas potenciais, sendo que mais de 70% são do Santander Totta, o único banco com 'swap' problemáticos com o qual o Governo não conseguiu qualquer entendimento.

Além do impacto financeiro, este caso que tornou conhecido o jargão financeiro ´swap' tornou-se uma guerra política e levou à saída de três secretários de Estado e a polémicas que envolveram a atual ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, por alegadas contradições no seu discurso. Quatro gestores públicos também foram afastados do seus cargos por terem contratado ´swaps'.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório