Meteorologia

  • 21 OUTUBRO 2020
Tempo
19º
MIN 14º MÁX 19º

Edição

Bolsas europeias em alta, depois de Banco de Inglaterra manter taxas

As principais bolsas europeias estavam hoje em alta, pendentes da publicação de indicadores macroeconómicos e depois de o Banco de Inglaterra ter decidido manter as taxas de juro no Reino Unido.

Bolsas europeias em alta, depois de Banco de Inglaterra manter taxas
Notícias ao Minuto

09:00 - 07/05/20 por Lusa

Economia Bolsas

Cerca das 08h45 em Lisboa, o EuroStoxx 600 subia 0,50% para 336,03 pontos.

As bolsas de Londres, Paris e Frankfurt avançavam 0,38%, 0,56% e 0,72%, respetivamente, bem como as de Madrid e Milão, que subiam 0,50% e 0,47%.

Depois de ter aberto em baixa, a bolsa de Lisboa invertia a tendência e, cerca das 08:45, o principal índice, o PSI20, subia 0,20% para 4.193, 50 pontos.

O Banco da Inglaterra manteve hoje as taxas de juro no Reino Unido em 0,1% e também o programa de flexibilização quantitativa, para a compra de dívida pública e privada, em 645.000 milhões libras (741.000 milhões de euros).

No final de março, o banco emissor inglês reduziu o preço da moeda de 0,25% para 0,1% para reforçar a economia devido ao impacto causado pela pandemia da covid-19.

Em comunicado divulgado hoje, o banco sublinha que a propagação da covid-19 e as medidas para a conter "estão a ter um impacto significativo no Reino Unido e em muitos países em todo o mundo" e que "a atividade diminuiu acentuadamente desde o início do ano e o desemprego aumentou".

Muitos países impuseram o confinamento da população e outras medidas de distanciamento social para impedir a propagação da pandemia.

O Governo britânico anunciou em março que garantia 330 mil milhões de libras (376 mil milhões de euros) em empréstimos a empresas afetadas pela pandemia.

Na quarta-feira, a bolsa de Nova Iorque terminou com o Dow Jones a cair 0,91% para 23.664,62 pontos, contra 29.551,42 pontos em 12 de fevereiro, atual máximo desde que foi criado em 1896.

Em sentido inverso, o Nasdaq fechou a avançar 0,53% para 8.854,39 pontos, contra o atual máximo de 9.817,18 pontos em 19 de fevereiro.

A nível cambial, o euro abriu hoje em baixa no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,0796 dólares, contra 1,0807 dólares na quarta-feira.

O barril de petróleo Brent para entrega em julho também abriu em baixa, a cotar-se a 29,29 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, contra 29,72 dólares na quarta-feira e o mínimo desde 1999, de 19,33 dólares, em 21 de abril.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório