Meteorologia

  • 12 ABRIL 2021
Tempo
11º
MIN 9º MÁX 22º

Edição

Acionistas da Sonae aprovam dividendos de 4,63 cêntimos por ação

Os acionistas da Sonae aprovaram hoje, em assembleia-geral, todos os 10 pontos na ordem de trabalhos, entre os quais o pagamento de um dividendo bruto de 4,63 cêntimos por ação relativo a 2019.

Acionistas da Sonae aprovam dividendos de 4,63 cêntimos por ação
Notícias ao Minuto

18:34 - 30/04/20 por Lusa

Economia Sonae

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Sonae refere que os acionistas aprovaram que o resultado líquido, no montante de 188.483.085,50 euros, seja aplicado da seguinte forma: reserva legal (9.424.154,28 euros), dividendos (92.600.000,00 euros) e reservas livres (86.458.931,22).

O dividendo bruto a distribuir é de 4,63 cêntimos por ação, "excluindo-se do dividendo global de 92.600.000,00 euros o montante do dividendo que caberia às ações que, à data da distribuição do dividendo, sejam detidas pela própria sociedade ou por sociedades suas dependentes, que deverá ser afeto a reservas livres", refere a Sonae, no comunicado.

O dividendo a pagar representa "um 'dividend yield' [ rendimento do dividendo] de 5,1% face ao preço de fecho a 31 de dezembro de 2019 e a um 'payout ratio' [taxa de pagamento] de 43% do resultado direto consolidado atribuível aos acionistas da Sonae".

Foram ainda aprovados um "louvor e confiança à atividade desempenhada pelos órgãos de administração e fiscalização durante o exercício de 2019", bem como "os princípios aplicáveis a uma eventual emissão de obrigações convertíveis em ações a deliberar pelo Conselho de Administração".

O lucro da Sonae caiu 20,2% em 2019, face ao período homólogo de 2018, para 165 milhões de euros, "apenas devido aos itens não recorrentes" verificados no exercício anterior.

Aquando da divulgação dos resultados, a Sonae explicou que "o resultado líquido atribuível aos acionistas fixou-se em 165 milhões de euros, abaixo do valor registado" em 2018 "devido aos itens não recorrentes verificados no exercício anterior".

Mais concretamente, "as mais-valias registadas na transação da Outsystems pela Sonae IM, na venda de ativos pela Sonae Sierra e nas operações 'sale & leaseback' executadas pela Sonae MC", referiu, na altura, a empresa liderada por Cláudia Azevedo.

Excluindo estes efeitos, que totalizaram 104 milhões de euros em 2018, o lucro teria "registado um crescimento expressivo".

No ano passado, o volume de negócios da Sonae aumentou 9,2% para 6.435 milhões de euros, "beneficiando maioritariamente do desempenho da Sonae MC e da consolidação anual de vendas em termos estatutários da Sonae Sierra", refere o grupo.

O resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) subiu 7,5% para 695 milhões de euros.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório