Meteorologia

  • 16 MAIO 2022
Tempo
21º
MIN 17º MÁX 22º

Atividade manufatureira volta a abrandar após queda na procura mundial

A atividade da indústria manufatureira na China voltou a abrandar em abril, com a pandemia da covid-19 a afetar a procura mundial, dificultando os esforços de Pequim para retomar a atividade económica.

Atividade manufatureira volta a abrandar após queda na procura mundial
Notícias ao Minuto

06:33 - 30/04/20 por Lusa

Economia China

A China tornou-se na primeira grande economia a reabrir as fábricas, em março, depois ter paralisado ao longo de mais de um mês, devido à covid-19, que começou na cidade chinesa de Wuhan, no centro do país.

No entanto, a epidemia alastrou-se aos Estados Unidos, à Europa e a outros grandes mercados, que foram assim forçados também a confinar as populações, paralisando o consumo e a produção.

O Índice de atividade dos gerentes de compras (PMI) realizado pela revista Caixin caiu em abril para 49,4 pontos, depois de se ter fixado nos 50,1, em março, e já depois de ter sofrido a maior contração de sempre, nos meses de janeiro e fevereiro.

Quando se encontra acima dos 50 pontos, o PMI sugere uma expansão do setor, abaixo dessa barreira pressupõe uma contração da atividade.

Numa outra pesquisa do gabinete de estatísticas chinês e de um grupo oficial da indústria, o mesmo índice caiu para 50,8 pontos, depois de se ter fixado nos 52 pontos no mês anterior.

O subíndice da pesquisa oficial para pedidos de exportação caiu 12,9 pontos, para 33,5.

Ambas as pesquisas mostraram uma queda no emprego.

"Ainda é muito cedo para concluir que a economia chinesa voltou a crescer", afirmou Iris Pang, analista no banco holandês ING, em comunicado.

A atividade recuperou em março, mas os analistas alertaram que os fabricantes podem enfrentar uma segunda queda, devido a uma possível segunda vaga da pandemia, o que deprimiria ainda mais o crescimento económico global e abalaria o sistema financeiro, devido à queda nos preços do petróleo.

"Ainda há muita incerteza nos próximos meses devido à fraca procura mundial", admitiu Pang.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 224 mil mortos e infetou mais de 3,1 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Para combater a pandemia, os governos mandaram para casa 4,5 mil milhões de pessoas (mais de metade da população do planeta), encerraram o comércio não essencial e reduziram drasticamente o tráfego aéreo, paralisando setores inteiros da economia mundial.

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório