Meteorologia

  • 30 SETEMBRO 2022
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 23º

Líder da Boeing: Vai demorar anos para aviação voltar ao nível anterior

O tráfego aéreo mundial vai demorar anos a regressar ao nível de antes da pandemia de covid-19, previu hoje o líder da Boeing, David Calhoun, apontando um período de dois a três anos.

Líder da Boeing: Vai demorar anos para aviação voltar ao nível anterior
Notícias ao Minuto

18:50 - 27/04/20 por Lusa

Economia Boeing

Calhoun, que falava numa reunião da Boeing, anunciou que são precisos três a cinco anos para que os dividendos da Boieng sejam restaurados, com o grupo aeronáutico a ser bastante atingido pelas consequências económicas da crise causada pela pandemia de covid-19.

Estas dificuldades acrescem aos problemas que o grupo tem enfrentado com o aparelho 737 MAX.

"Esta crise sanitária é diferente de tudo o que conhecemos antes", afirmou Calhoun, acrescentando que haverá um período de "vários anos" antes de se atingir os níveis anteriores à pandemia.

Calhoun traçou um quadro sombrio quanto às perspetivas do setor aéreo em geral e da Boeing em particular.

"Sabemos que teremos que pedir dinheiro emprestado nos próximos seis meses", afirmou.

Antes desta crise, a Boeing já enfrentava dificuldades devido à paragem dos aviões 737 MAX, impedidos de voar há mais de um ano devido a dois acidentes que causaram 346 mortos.

Na quarta-feira, a Boeing deverá apresentar os seus resultados trimestrais antes da abertura de Wall Street.

Desde o início do ano, as ações da empresa já registaram uma desvalorização de mais de 60% na praça nova-iorquina.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório