Meteorologia

  • 03 JULHO 2020
Tempo
22º
MIN 16º MÁX 26º

Edição

Preço do barril de Brent cai 25,45% para 19,07 dólares

O preço do barril de petróleo para entrega em junho terminou hoje no mercado de futuros de Londres em baixa de 25,45%, para os 19,07 dólares, arrastado pelo excesso de oferta e o descalabro do barril norte-americano (WTI).

Preço do barril de Brent cai 25,45% para 19,07 dólares
Notícias ao Minuto

21:13 - 21/04/20 por Lusa

Economia Petróleo

O crude do mar do Norte, de referência na Europa, concluiu a sessão no International Exchange Futures a cotar 6,51 dólares abaixo dos 25,58 com que encerrou as transações na segunda-feira.

A forte quebra da procura provocada pela resposta à pandemia do novo coronavírus e a falta de capacidade de armazenagem dos excedentes da produção afetaram tanto o Brent, como o norte-americano WTI (West Texas Internediate).

O barril de referência nos EUA, o WTI, entrou na segunda-feira numa espiral descendente que o levou a fechar em 37,62 dólares negativos, abaixo dos zero dólares, por barril, pela primeira vez na sua história.

O Brent caiu hoje para níveis nunca vistos desde o fim de 2001, se bem que "não se tenha visto envolvido pela loucura que afundou ontem o WTI", afirmou David Madden, analista da CMC Markets.

Alguns investidores antecipam que o Brent "pode conhecer um destino similar ao do WTI", assinalou a Capital Economics, se bem que duvide que "chegue a afundar-se até chegar a terreno negativo".

Os contratos associados aos futuros do Brent "têm uma opção de liquidação em liquidez" que permite aos compradores renunciar a recolher fisicamente os barris, o que alivia a pressão sobre a armazenagem, assinalou a Capital Economics.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório