Meteorologia

  • 27 FEVEREIRO 2021
Tempo
16º
MIN 12º MÁX 19º

Edição

FMI prevê défice de 7,1% este ano. Dívida deverá subir para 135% do PIB

As previsões foram divulgadas hoje no 'Fiscal Monitor'.

FMI prevê défice de 7,1% este ano. Dívida deverá subir para 135% do PIB

O Fundo Monetário Internacional (FMI) prevê um défice de 7,1% do produto interno bruto (PIB) para Portugal este ano, em consequência do impacto da pandemia na economia, de acordo com uma análise divulgada esta quarta-feira. 

Segundo o documento do FMI, a dívida pública passará dos 117,7% do PIB de 2019 para 135% em 2020 devido à pandemia, e deverá descer para 128,5% em 2021.

Já o saldo orçamental passará de um excedente de 0,2% em 2019 para um défice de 7,1% em 2020, descendo para 1,9% em 2021.

Na terça-feira, o FMI estimou que a economia mundial tenha uma recessão de 3% em 2020, fruto do apelidado "Grande Confinamento" devido à pandemia de covid-19, de acordo com as Perspetivas Económicas Mundiais hoje divulgadas.

Para Portugal, o FMI prevê uma recessão de 8,0% da economia portuguesa e uma taxa de desemprego de 13,9% em 2020, devido à pandemia de covid-19, de acordo com as Perspetivas Económicas Mundiais divulgadas na terça-feira.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório