Meteorologia

  • 31 MAIO 2020
Tempo
27º
MIN 19º MÁX 29º

Edição

Plataforma reúne em três dias 48 produtores e comerciantes de Coimbra

Uma plataforma para apoiar os produtores e comerciantes do concelho de Coimbra, disponibilizando "um ponto de encontro virtual" com os consumidores face à pandemia da covid-19, em funcionamento há três dias, reúne 48 operadores.

Plataforma reúne em três dias 48 produtores e comerciantes de Coimbra
Notícias ao Minuto

08:34 - 09/04/20 por Lusa

Economia Covid-19

"Até ao final do terceiro dia de funcionamento [quarta-feira]", a plataforma, criada pela associação de desenvolvimento local Coimbra Mais Futuro, em parceria com a Câmara da cidade, já conta com 48 entidades de produção e comércio de produtos, sobretudo agroalimentares produzidos no município, disse à agência Lusa Regina Pinto, daquela associação.

Além disso, já manifestaram interesse em aderir ao projeto 12 outras entidades, cujas candidaturas estão a ser apreciadas pela Coimbra Mais Futuro, no sentido de verificar se reúnem as condições para integrar o projeto, adiantou a responsável.

A higiene, a segurança e a relação comercial são uma das maiores preocupações da associação, que insiste, por isso, na necessidade do rigoroso cumprimento das regras por parte dos aderentes à plataforma.

A plataforma abrange os mais diversos produtores e vendedores, desde produtores de galinhas autóctones a frutarias ou pastelarias, exemplifica Regina Pinto, sublinhando que este projeto também irá, por certo, servir para apoiar os pequenos produtores e lojas locais e divulgar os seus produtos.

A maior parte dos operadores registados disponibiliza a opção de entrega dos produtos no domicílio do comprador.

"Esperamos que depois [da pandemia da covid-19], quando se regressar à 'normalidade', os consumidores passem a comprar mais no comércio local" e a optar pela produção local, afirma.

A associação vai, entretanto, contactar os operadores do Mercado Municipal D. Pedro V, em Coimbra -- cuja atividade tem sido penalizada pela pandemia e que em breve entrará em obras de remodelação --, designadamente no sentido de também usufruírem da plataforma.

Com uma página na internet -- https://coimbramaisfuturo.wixsite.com/semsairdecasa --, a plataforma permite que os consumidores acedam à lista de entidades que produzem ou comercializam produtos da mais diversa natureza", essencialmente do setor agroalimentar, que a Coimbra Mais Futuro vai alargar a outras áreas, como vestuário, por exemplo, igualmente destinada a pequenos produtores e lojistas.

Sob o lema "Sem sair de casa eu apoio a produção e o comércio local", a ferramenta digital permite que as compras sejam "efetuadas com opção de encomenda antecipada e, na sua maioria, com opção de entrega ao domicílio", sublinha a associação.

Em Portugal, segundo o balanço feito na quarta-feira pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 380 mortes, mais 35 do que na véspera (+10,1%), e 13.141 casos de infeções confirmadas, o que representa um aumento de 699 em relação a terça-feira (+5,6%).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório