Meteorologia

  • 31 MAIO 2020
Tempo
27º
MIN 19º MÁX 29º

Edição

Preço do barril de Brent sobe 2,95% na véspera da reunião da OPEP+

O preço do barril de petróleo Brent para entrega em junho terminou hoje no mercado de futuros de Londres em alta de 2,95%, para 32,83 dólares, na véspera de uma reunião com 30 países produtores.

Preço do barril de Brent sobe 2,95% na véspera da reunião da OPEP+
Notícias ao Minuto

20:31 - 08/04/20 por Lusa

Economia Petróleo

O crude do mar do Norte, de referência na Europa, concluiu a sessão no International Exchange Futures a cotar 94 cêntimos para os 31,89 dólares.

Os investidores esperam que a Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP), a Federação Russa e outros grandes produtores, que constituem a designada OPEP+, cheguem a acordo para reduzir a produção diária entre 10 milhões e 15 milhões de barris.

Esta medida pretende contribuir para equilibrar o mercado de petróleo, cujos preços sofreram quebras acentuadas nas últimas semanas.

Para estas fortes descidas contribuíram a drástica redução da procura, resultante da pandemia do novo coronavírus, e a guerra de preços provocada pela Arábia Saudita.

Mas, como assinala a consultora Capital Economics, há dúvidas que o encontro se salde com aquele compromisso: "Existe uma enorme incerteza em torno desta reunião da OPEP+".

Na sua análise, esta consultora prevê que "um corte das extrações forte e sem condições é pouco provável", sublinhando que, mesmo que se chegue a acordo para reduzir a produção, esta medida apenas fixaria um mínimo aos preços, mas não os impulsionaria, devido ao "estado moribundo da economia".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório