Meteorologia

  • 28 OUTUBRO 2020
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 20º

Edição

Pingo Doce pede desconto aos senhorios nas rendas dos supermercados

Supermercados da Jerónimo Martins estão a pedir aos senhorios uma redução do valor das rendas, para responder ao impacto da Covid-19.

Pingo Doce pede desconto aos senhorios nas rendas dos supermercados

A Jerónimo Martins, dona do Pingo Doce, está a pedir a proprietários dos espaços onde estão instalados alguns dos seus supermercados um desconto nas rendas em abril, justificando com o impacto da crise gerada pela Covid-19, de acordo com o ECO.

Contactada pelo Notícias ao Minuto fonte oficial do Pingo Doce esclareceu que o "perfil dos proprietários dos espaços de que somos arrendatários é muito diverso e inclui vários fundos de investimento imobiliário nacionais e internacionais. Evidentemente que o exercício de análise conjunta para que foi auscultada a disponibilidade dos diferentes proprietários visa, desde logo, aferir a viabilidade de uma eventual redução do valor. Parece-nos que convidar uma entidade a estudar uma possibilidade não é, em si mesmo, algo que lhe possa provocar um impacto". 

O jornal ECO teve acesso a uma das cartas enviadas a um senhoria, na qual a empresa lembra os senhorios dos "tempos de uma exigência sem precedentes" provocados pela Covid-19, apelando ao mesmo para "rever em baixa, durante o mês de abril, o valor das rendas e encargos devidos, com vencimento a partir do mês seguinte, pelo período que durarem os constrangimentos à livre circulação de pessoas nas vias públicas e nos estabelecimentos".

Isto acontece numa altura em que as vendas nos supermercados continuam a crescer, de acordo com um estudo da consultora Nielsen que revela que as vendas nos super e hipermercados aumentaram 65% em termos homólogos no período de 9 a 15 de março.

Na resposta  enviada ao Notícias ao Minuto, fonte do Pingo Doce adiantou ainda que a "percepção de que existe bastante procura não corresponde à realidade e deverá estar a ser gerada por filas ocasionais que se formam no exterior de algumas lojas pelo forte condicionamento do número de clientes que podem estar em simultâneo no interior. No caso do Pingo Doce, há várias semanas consecutivas que se regista uma redução importante da sua actividade, nomeadamente no número de visitas às lojas". 

[Notícia atualizada com a resposta do Pingo Doce às 08h54 do dia 9 de abril de 2020]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório