Meteorologia

  • 02 JUNHO 2020
Tempo
23º
MIN 18º MÁX 26º

Edição

Wall Street fecha em alta uma sessão hesitante

A bolsa nova-iorquina encerrou hoje com ganhos uma sessão hesitante, com os investidores a vacilarem entre as fortíssimas subidas do preço do petróleo e das inscrições semanais para o subsídio de desemprego nos EUA.

Wall Street fecha em alta uma sessão hesitante
Notícias ao Minuto

23:25 - 02/04/20 por Lusa

Economia Bolsas

Os resultados definitivos da sessão indicam que o índice seletivo Dow Jones Industrial Average progrediu 2,24%, para os 21.413,44 pontos.

Com a mesma tendência, o tecnológico Nasdaq ganhou 1,72%, para as 7.487,31 unidades, e o alargado S&P500 subiu 2,28%, para as 2.526,90.

A subida dos índices assentou na valorização dos preços dos barris de petróleo em Nova Iorque (25%) e Londres (20%), que foram as maiores subidas registadas em fim de sessão das respetivas histórias.

A cotação do WTI e do Brent disparou depois de o Presidente norte-americano, Donald Trump, prometer uma redução da produção saudita e russa para reequilibrar um mercado, que também está a sofrer com a pandemia do novo coronavirus.

Mas rapidamente apareceram dúvidas sobre as afirmações do inquilino da Casa Branca, que admitiu uma descida da produção entre 10 a 15 milhões de barris por dia, e os índices perderam alguma força.

No início da sessão, os investidores tinham sido abalados pelos números relativos às novas inscrições para o subsídio de desemprego, que indicam uma subida de 6,6 milhões de pessoas na semana passada.

Este número de inscrições é o dobro do verificado na semana precedente.

"É preciso realçar que numerosas outras pessoas procuraram inscrever-se, mas não o puderam fazer devido à saturação dos sistemas", disse Christopher Low, da FTN Financial.

Com cerca de 10 milhões de pessoas a inscreverem-se em duas semanas, dos 152,3 milhões de trabalhadores em atividade em fevereiro, a taxa de desemprego está agora "provavelmente próxima dos 10%", avançou.

Este número ainda não deve aparecer no relatório mensal sobre o emprego nos EUA que vai ser divulgado na sexta-feira.

O relatório ainda não vai incluir totalmente os efeitos das medidas de confinamento impostas progressivamente em vários Estados norte-americanos desde meados de março, que obrigaram numerosas empresas a encerrar ou a reduzir drasticamente a atividade.

Mas as estatísticas sobre as inscrições para o subsídio de desemprego já refletem o forte impacto da crise sanitária na economia e reavivaram os temores dos investidores sobre as consequências para as empresas cotadas em bolsa.

Para Eric Freedman, que dirige a estratégia de investimento do U.S. Bank, "o acesso de fraqueza que a economia mundial vai ter ainda não está completamente encaixado pelos investidores".

Quanto aos desempregados, por exemplo, "a questão é a de saber quantos vão ser reempregados graças aos diversos planos de ajuda anunciados na semana passada", estimou. "E a resposta "está longe de ser óbvia", considerou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório