Meteorologia

  • 27 MAIO 2020
Tempo
29º
MIN 21º MÁX 33º

Edição

Lay-off: "Há 3.600 pedidos de empresas que foram apresentados até hoje"

Ana Mendes Godinho, ministra do Trabalho, Solidariedade e da Segurança Social, falou hoje aos jornalistas a partir do Hospital da Cruz Vermelha.

Lay-off: "Há 3.600 pedidos de empresas que foram apresentados até hoje"

Questionada pelos jornalistas sobre a pretensão da TAP em colocar os seus trabalhadores em regime de lay-off, a ministra do Trabalho, Solidariedade e da Segurança Social disse que não comentaria situações específicas, por estar num momento de inauguração da 'triagem smart', mas sublinhou que os mecanismos implementados pelo Governo têm como objetivo a manutenção dos empregos e dos postos de trabalho.

Ana Mendes Godinho indicou, assim, que foram lançados "mecanismos de apoio à manutenção de emprego procurando, através dos instrumentos que estamos a  lançar, conseguir criar condições para que as pessoas mantenham os empregos e os postos de trabalho".

A governante cita, depois, as linhas de crédito, o adiamento do pagamento de ⅔ da TSU das empresas e o regime de lay-off simplificado. "Há 3600 pedidos de empresas que foram apresentados até hoje", avançou, durante a apresentação de um sistema rápido de triagem relacionado com a Covid-19, no Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa.

Ana Mendes Godinho disse ainda que a atual situação, devido à pandemia do novo coronavírus, exige um esforço do Orçamento do Estado mas também dos trabalhadores e das empresas, e apelou às empresas para que mantenham os trabalhadores.

Sublinhe-se que o 'lay-off' simplificado (que permite a redução temporária do período normal de trabalho ou a suspensão de contrato de trabalho) entrou em vigor na sexta-feira.

As empresas que aderirem podem suspender o contrato de trabalho ou reduzir o horário dos trabalhadores que, por sua vez, têm direito a receber dois terços da remuneração normal ilíquida, sendo 70% suportada pela Segurança Social e 30% pela empresa.

Ana Mendes Godinho, explanando outras iniciativas da sua pasta, falou ainda na campanha de testes de despiste da Covid-19 junto dos lares, garantindo que é uma iniciativa feita "de forma preventiva" para garantir que quaisquer casos de infeção "tenham resposta de isolamento" e, assim, "minimizar os riscos desta população que é mais frágil".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório