Meteorologia

  • 26 NOVEMBRO 2020
Tempo
MIN 8º MÁX 15º

Edição

Covid-19: Setor dos ginásios é "dos mais afetados negativamente"

O setor dos ginásios e 'fitness', que abrange mais de meio milhão de clientes em Portugal, será "dos mais afetados negativamente" devido à pandemia de covid-19, explicou à agência Lusa o especialista em gestão de desporto Alfredo Silva.

Covid-19: Setor dos ginásios é "dos mais afetados negativamente"
Notícias ao Minuto

08:40 - 30/03/20 por Lusa

Economia Covid-19

Segundo o coordenador da licenciatura de Gestão de Organizações Desportivas da Escola Superior de Desporto de Rio Maior, as medidas adotadas no país para fazer frente à pandemia levam a "perdas de rendimento assinaláveis" para grande parte do setor.

Em primeiro lugar, os ginásios estão encerrados, fechando a porta a cerca de 539 mil clientes, segundo dados da Associação de Empresas de Ginásios e Academias de Portugal (AGAP).

Pela estimativa de Alfredo Silva, esta paragem "gera uma perda mensal de receita superior a 21 milhões de euros".

Por outro lado, alerta o docente universitário, os vários profissionais técnicos que trabalham em ginásios, 'health clubs' e outros clubes ou entidades destinadas a oferecer serviços de exercício físico estão em risco.

De técnicos de exercício físico a diretores técnicos, dos quais há mais de 25 mil acreditados pelo Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ), "boa parte deles irá conseguir superar a situação com oferta 'online'", mas outros "irão ter perdas de rendimento assinaláveis".

À Lusa, o especialista em marketing desportivo e diretor executivo do Instituto Português de Administração de Marketing (IPAM) Daniel Sá explica que esta "indústria dos ginásios" vai sofrer "um impacto incrível" com o encerramento.

Ainda assim, alerta que qualquer análise está "sempre dependente de quanto tempo o país estiver em 'shutdown'", ou seja, com os estabelecimentos encerrados e em estado de emergência, ainda que seja "impossível" não sofrer consequências com "as receitas a caírem abruptamente".

O novo coronavírus surgiu na China, em dezembro de 2019, mas o surto espalhou-se por todo o mundo, tendo levado Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Inicialmente alguns eventos desportivos foram disputados sem público, mas, depois, começaram a ser cancelados, adiados - entre os quais se destacam os Jogos Olímpicos Tóquio2020, o Euro2020 e a Copa América - ou suspensos, nos casos dos campeonatos nacionais e internacionais de todas as modalidades.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório