Meteorologia

  • 04 ABRIL 2020
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 19º

Edição

Associação de Ensino Particular pede ajuda para salvar fecho de escolas

A Associação de Estabelecimentos de Ensino Particular apelou hoje ao Governo para apoiar financeiramente às famílias com dificuldades em pagar as mensalidades devido à pandemia da covid-19, alertando que quase metade das crianças em idade pré-escolar estão no privado.

Associação de Ensino Particular pede ajuda para salvar fecho de escolas
Notícias ao Minuto

18:31 - 24/03/20 por Lusa

Economia Covid-19

Em entrevista telefónica à Lusa, o diretor da Associação de Estabelecimentos de Ensino Particular e Cooperativo (AEEP), Rodrigo Queirós e Melo, admitiu que há estabelecimentos de ensino particular que vão ter "muita dificuldade" em reagir à crise financeira criada pela pandemia e pediu ajuda financeira ao Governo para apoiar as famílias que não consigam pagar as mensalidades.

"A nossa preocupação é que estas medidas de apoio à economia [anunciadas pelo Governo], abranjam estes estabelecimentos [de ensino particular], porque se não abrangerem e se um número considerável deles fechar, regressamos 40 anos atrás, porque quando isto [pandemia] passar, os portugueses depois não vão ter pré-escolar para deixar os filhos", avisou Rodrigo Queirós e Melo.

Nas situações em que as famílias não consigam pagar as escolas, o Estado deve substituir-se, seja através do "pagamento direto aos estabelecimentos", seja "ajudando as famílias", argumentou Rodrigo Queirós e Melo.

Para o responsável, a forma mais eficiente é permitir, tal como o regime de 'lay off' simplificado, um esquema simplificado para as famílias.

Segundo o diretor da AEEP, é o Estado que se deve "chegar à frente" para durante um ou dois meses fazer a ponte", porque isso será mais vantajoso do que depois ter de "pagar subsídios de desemprego" por as escolas terem fechado.

Rodrigo Queirós e Melo alertou ainda que o possível fecho dos estabelecimentos particulares do pré-escolar é "especialmente preocupante", porque "o último ano do pré-escolar é um preditor brutal de sucesso educativo futuro".

"Está aqui um subsetor que o Governo deveria estar muito atento", declarou, frisando que quase metade (46%) das crianças em Portugal que frequentam o ensino pré-escolar são do ensino privado.

O setor dos estabelecimentos de ensino particular em Portugal acolhe cerca de 200 mil alunos e dá emprego a cerca de 7.000 pessoas, precisou.

"Temos estabelecimentos com 1.700 alunos e temos estabelecimentos com 30 ou 40 alunos. Temos estabelecimentos com todos os níveis de ensino e temos estabelecimentos que têm pré-escolar e primeiro ciclo, alguns com creches e, portanto, a situação de cada estabelecimento é "muito diversa".

Portugal, encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de quinta-feira e até às 23:59 de 02 de abril e esta terça-feira registava 33 mortes associadas à covid e 2.362 casos de infeção confirmados, segundo a Direção-Geral da Saúde.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório