Meteorologia

  • 19 SETEMBRO 2020
Tempo
24º
MIN 18º MÁX 24º

Edição

A partir de amanhã pode fazer pagamentos contacless até 50 euros

A partir de amanhã, os consumidores passam a poder utilizar a tecnologia contactless para efetuar pagamentos presenciais até 50 euros, acima dos 30 euros que tinham sido anunciados pelo ministro das Finanças.

A partir de amanhã pode fazer pagamentos contacless até 50 euros
Notícias ao Minuto

16:33 - 24/03/20 por Notícias ao Minuto 

Economia contacless

A partir de quarta-feira, dia 25 de março, os consumidores vão poder pagar por contactless em compras até 50 euros, acima dos 30 euros que tinham sido anunciados pelo ministro das Finanças, Mário Centeno, anunciou o Banco de Portugal (BdP).

Para realizar um pagamento por esta via deve apenas aproximar o cartão do terminal de pagamento, não sendo necessário introduzir o PIN

"Dada a evolução da pandemia do novo coronavírus, e num momento em que se incentivam os pagamentos 'sem contacto', o sistema bancário nacional, em articulação com o Banco de Portugal e a SIBS, decidiu aumentar o montante máximo para fazer pagamentos com a tecnologia contactless sem necessidade de introduzir o PIN", refere o supervisor da banca, em comunicado. 

O BdP adianta ainda que os bancos vão proceder a esta alteração de forma progressiva, pelo que, para qualquer questão adicional, os clientes devem entrar em contacto com as respetivas instituições bancárias.

"Até agora, este sistema permitia apenas pagamentos num valor máximo de 20 euros. A partir de amanhã, o código pessoal deixa de ser necessário em compras contactless com cartão até 50 euros", refere o BdP, já depois de na semana passada Mário Centeno ter anunciado que o limite iria crescer para 30 euros. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório