Meteorologia

  • 31 MARçO 2020
Tempo
13º
MIN 8º MÁX 13º

Edição

Covid-19. Ana Botín, presidente do Santander, reduz salário para metade

O banco também anunciou a suspensão do dividendo deste ano e vai criar um fundo solidário para combater o novo coronavírus.

Covid-19. Ana Botín, presidente do Santander, reduz salário para metade

O Santander está a tomar medidas para conter os efeitos da pandemia da Covid-19 não só em Portugal, mas também em Espanha. A presidente do Santander, Ana Botín, e o CEO, José Antonio Álvarez, decidiram cortar os seus salários para metade esta ano e criar um fundo solidário de combate à Covid-19, de acordo com o Expansión.

Além disso, o banco também cancelou o pagamento do dividendo intercalar, previsto para novembro, e fará apenas um pagamento aos acionistas, que deverá ocorrer em maio do próximo ano. O objetivo é conhecer primeiro o real impacto da Covid-19. 

O Santander quer também criar um fundo solidário para ajudar no combate ao novo coronavírus, segundo o mesmo jornal. Esse fundo vai permitir a compra de materiais e equipamentos e será dotado inicialmente com 25 milhões de euros. 

Além da presidente e CEO, também os salários dos administradores não executivos do banco serão reduzidos em 20%. Estes montantes reverterão para o fundo solidário. Os funcionários do banco também podem contribuir. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório