Meteorologia

  • 02 JULHO 2020
Tempo
21º
MIN 16º MÁX 25º

Edição

Bolsas europeias em baixa devido ao pessimismo face à pandemia

As principais bolsas europeias estavam hoje em baixa devido ao pessimismo dos investidores em relação ao rápido avanço da pandemia de Covid-19 e o possível impacto económico.

Bolsas europeias em baixa devido ao pessimismo face à pandemia
Notícias ao Minuto

09:32 - 23/03/20 por Lusa

Economia Covid-19

Cerca das 09h00 em Lisboa, o EuroStoxx 600 descia 4,30% para 280,45 pontos.

As bolsas de Londres, Paris e Frankfurt desciam 4,46%, 4,42% e 4,16%, respetivamente, bem como as de Madrid e Milão que se desvalorizavam 2,42% e 3,60%.

Depois de ter aberto em alta, a bolsa de Lisboa mantinha a tendência e, cerca das 09h00, o principal índice, o PSI20, descia 4,43% para 3.507,43 pontos.

Após duas sessões de ganhos, graças às ações levadas a cabo pelos bancos centrais para fazer frente ao impacto da pandemia, os principais indicadores europeus estavam a cair e seguiam a tendência de Wall Street na sexta-feira resultante das discrepâncias entre republicanos e democratas sobre o pacote económico da Casa Branca para responder à pandemia.

Apesar das medidas adotadas pelos diversos governos e bancos centrais, o impacto da pandemia na Europa provocará uma recessão económica esta ano tal e como advertiu o vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE), Luis de Guindos.

Na terça-feira serão conhecidos alguns dados económicos que permitirão ter uma visão da situação económica na qual se encontra a Europa.

A pandemia também está a começar a atingir os Estados Unidos, onde são cada vez mais os estados que paralisaram a atividade económica e pediram aos cidadãos para ficarem em casa.

Mais de 100 milhões de norte-americanos já estão de quarentena para tentar reduzir a rápida expansão do Covid-19 no país, onde há mais de 30.000 contagiados e centenas de mortos.

Na sexta-feira, a bolsa de Nova Iorque terminou com o Dow Jones a cair 4,55% para 19.173,98 pontos, contra 29.551,42 pontos em 12 de fevereiro, atual máximo desde que foi criado em 1896.

No mesmo sentido, o Nasdaq fechou a recuar 3,79% para 6.879,52 pontos, contra o atual máximo de 9.817,18 pontos em 19 de fevereiro.

A nível cambial, o euro abriu hoje em alta no mercado de câmbios de Frankfurt, mas a cotar-se a 1,0691 dólares, contra 1,0688 dólares na sexta-feira.

O barril de petróleo Brent para entrega em maio de 2020 abriu hoje em baixa, a cotar-se a 25,99 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, contra 26,98 dólares na sexta-feira e 24,88 dólares na quarta-feira, um mínimo pelo menos desde março de 2004.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório