Meteorologia

  • 22 FEVEREIRO 2024
Tempo
14º
MIN 12º MÁX 18º

Covid-19: BCE adota "precauções operacionais" até 20 de abril

O Banco Central Europeu (BCE) vai adotar algumas "precauções operacionais" devido à epidemia de coronavírus, incluindo a restrição das viagens não essenciais do comité executivo e de outros membros do pessoal até 20 de abril, foi hoje anunciado.

Covid-19: BCE adota "precauções operacionais" até 20 de abril
Notícias ao Minuto

11:30 - 04/03/20 por Lusa

Economia Coronavírus

O BCE informou hoje que também vai adiar as conferências previstas para a sua sede central, com exceção para a conferência de imprensa depois da reunião de política monetária do conselho de governadores, na qual participam a presidente da instituição, Christine Lagarde, e o vice-presidente, Luis de Guindos.

As visitas não essenciais, incluindo o programa de visitas de grupos, também estão suspensas até 20 de abril, adianta o BCE.

O comité executivo do BCE aprovou estas medidas "como precaução para proteger o seu pessoal de riscos associados com a propagação do coronavírus, Covid-19".

"Com as medidas de hoje damos passos para assegurar a segurança e o bem-estar do nosso pessoal, enquanto mantemos um banco central completamente operacional, bem como a supervisão bancária", afirmou Lagarde.

Estas medidas baseiam-se em guias internas que já existem no BCE e na comunicação constante com o pessoal ao qual aconselham sobre o vírus", adiantou Lagarde.

O surto de Covid-19, detetado em dezembro, na China, e que pode causar infeções respiratórias como pneumonia, provocou cerca de 3.200 mortos e infetou mais de 93 mil pessoas em 78 países, incluindo cinco em Portugal.

Das pessoas infetadas, cerca de 50 mil recuperaram.

Além de 2.983 mortos na China, há registo de vítimas mortais no Irão, Itália, Coreia do Sul, Japão, França, Hong Kong, Taiwan, Austrália, Tailândia, Estados Unidos da América e Filipinas.

Um português tripulante de um navio de cruzeiros está hospitalizado no Japão com confirmação de infeção.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) confirmou cinco casos de infeção, dos quais quatro no Porto e um em Lisboa.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou o surto de Covid-19 como uma emergência de saúde pública internacional e aumentou o risco para "muito elevado".

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório