Meteorologia

  • 13 AGOSTO 2020
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 28º

Edição

Contactos de passageiros provenientes de Itália serão rastreados

O anúncio foi feito pela ministra da Saúde, Marta Temido, que alarga assim uma medida que estava já em vigor para os voos provenientes da China.

Contactos de passageiros provenientes de Itália serão rastreados

Com o surgimento dos primeiros casos do novo coronavírus (Covid-19) em Portugal, o Governo decidiu alargar a rastreabilidade dos contactos dos passageiros provenientes de Itália, à semelhança do que já acontecia aos viajantes que vinham da China, anunciou a ministra da Saúde, Marta Temido, esta segunda-feira.

"Foi tomada a decisão de aplicar aos voos que são provenientes de áreas afetadas, como a China, [também] aos voos provenientes de Itália, a aplicação de uma rastreabilidade de contactos e reforço da informação", disse a ministra da Saúde, em conferência de imprensa. 

Quer isto dizer que os passageiros que chegam a Portugal provenientes de Itália terão de identificar os seus contactos recentes, uma vez que o país europeu tem sido um dos mais afetados pelo surto do Covid-19. 

Na manhã desta segunda-feira foram confirmados os primeiros dois casos de Covid-19 em território nacional, sendo que um deles ainda está sujeito a contra-análise. 

Um dos doentes é um médico do Hospital Tâmega e Sousa que esteve no norte de Itália de férias. Ficou internado na tarde deste domingo no hospital de Santo António. De acordo com a ministra, os primeiros sintomas deste doente, de 60 anos, foram sentidos a 29 de fevereiro

O outro caso é o de um homem que esteve em Espanha em trabalho e está internado no hospital de São João. Este doente tem 33 anos e sentiu os primeiros sintomas a 26 de fevereiro

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório