Meteorologia

  • 06 ABRIL 2020
Tempo
17º
MIN 13º MÁX 18º

Edição

"Salmão cresce nas águas portuguesas", diz presidente da Jerónimo Martins

O presidente do grupo Jerónimo Martins, Pedro Soares dos Santos, afirmou hoje que, no âmbito do projeto-piloto que o grupo está a desenvolver em Aveiro, existe a boa notícia de que "o salmão cresce nas águas portuguesas".

"Salmão cresce nas águas portuguesas", diz presidente da Jerónimo Martins

Pedro Soares dos Santos falava na conferência de imprensa dos resultados da dona do Pingo Doce em 2019, que decorreu na sede da empresa, em Lisboa.

Questionado sobre o projeto-piloto de produzir salmão nas águas de Aveiro, Pedro Soares dos Santos disse que havia "uma notícia boa e outra menos boa".

A "boa notícia" é de que "o salmão cresce nas águas portuguesas", prosseguiu o gestor.

Na zona de Aveiro, o salmão "tem um crescimento sustentável do ponto de vista financeiro para o consumo", salientou.

Caso não houvesse essa possibilidade -- de crescimento do salmão naquelas águas --, o projeto-piloto teria de ser abandonado.

"O que não nos correu tão bem é que ainda não conseguimos acertar com a gaiola certa para estarem em alto-mar e para lidar com as tempestades, as duas que fizemos tiveram alguns azares, não as perdemos, mas não correu tão bem como esperávamos", explicou.

Agora, "é mais um problema de afinar, não do produto", acrescentou.

O lucro da Jerónimo Martins cresceu 7,9% em 2019, face ao ano anterior, para 433 milhões de euros, com as vendas consolidadas a avançarem 7,5% para 18.638 milhões de euros.

No ano passado, o grupo investiu cerca de sete milhões de euros na área agroalimentar.

Questionado sobre o investimento nesta área, o gestor afirmou: "Fizemos a primeira parte do nosso grande investimento no que diz respeito à parte da aquaculturalaticínios e carne, o que fizemos em 2019 foi um grande estudo de qual é o passo seguinte, mas também não lhe vou dizer qual é o passo seguinte".

No entanto, garantiu que "vem aí uma nova leva de investimentos".

Isto porque "nós já definimos que passos é que vamos dar porque já percebemos que precisamos de inovar muito nesta matéria para podermos continuar a ser líderes na oferta aos clientes", prosseguiu, sem adiantar detalhes.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório