Meteorologia

  • 01 DEZEMBRO 2020
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 18º

Edição

Quer aderir a uma conta low-cost? Primeiro, saiba quantas tem em seu nome

Há cada vez mais clientes a optarem pela conta de serviços mínimos bancários, mas uma das condições é que só tenha uma conta em seu nome. Saiba como conferir.

Quer aderir a uma conta low-cost? Primeiro, saiba quantas tem em seu nome
Notícias ao Minuto

07:14 - 14/02/20 por Notícias ao Minuto 

Economia contas bancárias

As contas de serviços mínimos estão em crescimento, sendo que só no ano passado dispararam 75,1%, de acordo com os dados divulgados pelo Banco de Portugal (BdP), na quinta-feira. Porém, uma das condições para ter acesso a este serviço é ter apenas uma conta em seu nome. Sabe como conferir?

Seja porque uma conta não ficou efetivamente encerrada ou porque simplesmente não se recorda que a tem, a verdade é que há cidadãos que podem ter contas bancárias em seu nome que desconhecem. 

No entanto, há um sítio no qual pode consultar todas estas informações: no do Banco de Portugal.

Para este efeito deve aceder à Base de Dados de Contas, disponível neste link e iniciar sessão, por exemplo, com as credenciais de acesso ao Portal das Finanças. 

Depois de iniciar sessão obterá informação sobre o seu mapa de contas. Aqui estão incluídas contas de depósito bancário, contas de pagamento, contas de crédito e contas de instrumentos financeiros, refere o supervisor. Aqui, pode encontrar informação sobre como interpretar o seu mapa. 

No mapa de contas pode consultar o número de conta, o tipo de conta, a data de abertura e encerramento (caso exista) e ainda a relação que tem com aquele produto, se é ou não titular. Porém, o mapa de contas não tem informação sobre o montante de cada conta. 

Contas de serviços mínimos dispararam 75%

As contas de serviços mínimos bancários aumentaram 75,1% em 2019, em termos homólogos, para 103.628, segundo divulgou hoje o Banco de Portugal (BdP) numa nota publicada no seu 'site'.

"Em 2019, foram abertas 47.587 contas de serviços mínimos bancários, das quais 80,4% resultaram da conversão de uma conta de depósito à ordem existente na instituição de crédito (59,6% em 2018)", lê-se no comunicado.

Estas contas incluem um conjunto de serviços "considerados essenciais que os cidadãos têm direito a adquirir a um custo reduzido", de acordo com o BdP, e abrangem a abertura e manutenção de uma conta de depósito à ordem (de serviços mínimos bancários), bem como a disponibilização do respetivo cartão de débito e o acesso ao 'homebanking' (serviços bancários 'online').

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório