Meteorologia

  • 28 MARçO 2020
Tempo
14º
MIN 9º MÁX 20º

Edição

Bolsa de Tóquio fecha a perder 1,01%

A bolsa de Tóquio caiu hoje no fecho e o principal índice, o Nikkei, atingiu o pior nível em três meses.

Bolsa de Tóquio fecha a perder 1,01%
Notícias ao Minuto

08:10 - 03/02/20 por Lusa

Economia Mercado

A bolsa de Tóquio caiu hoje no fecho e o principal índice, o Nikkei, atingiu o pior nível em três meses devido à preocupação dos investidores com o impacto na economia global da propagação do novo coronavírus chinês.

O Nikkei perdeu 1,01%, nas últimas transações do dia, para 22.971,44 pontos, a pior cotação no fecho desde 01 de novembro passado. Depois de ter aberto a cair 1,54%, o índice recuperou durante a sessão.

O segundo indicador, o Topix, recuperou durante a sessão e fechou a perder 0,7%, para 1.672,66 pontos, depois de na abertura ter registado uma quebra de 1,4%.

O índice Nikkei reflete a média não ponderada dos 225 principais valores da bolsa de Tóquio, enquanto o indicador Topix agrupa os valores das 1.600 maiores empresas cotadas.

A bolsa de Tóquio abriu em baixa, contagiada pelas perdas em Wall Street, e chegou a perder 1,85% na primeira parte das negociações, antes de recuperar algumas perdas.

A China elevou hoje para 362 mortos e mais de 17 mil infetados o balanço do surto de pneumonia provocado por um novo coronavírus (2019-nCoV) detetado em dezembro passado, em Wuhan, capital da província de Hubei (centro).

Desde dezembro já surgiram 17.205 casos em toda a China da doença que levou a Organização Mundial de Saúde (OMS) a decretar uma emergência mundial e que já se espalhou a 20 países.

No domingo, morreu a primeira pessoa infetada fora da China, nas Filipinas: um chinês de 44 anos, natural de Wuhan.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório