Meteorologia

  • 30 MAIO 2020
Tempo
26º
MIN 20º MÁX 31º

Edição

Vírus: OPEP e Rússia convocam reunião técnica para terça e quarta

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) e a congénere russa vão realizar uma reunião técnica na terça e quarta-feira, para analisar a queda do preço do petróleo, relacionado com a epidemia de coronavírus.

Vírus: OPEP e Rússia convocam reunião técnica para terça e quarta
Notícias ao Minuto

19:38 - 02/02/20 por Lusa

Economia Coronavírus

Segundo indicou à agência AFP uma fonte próxima da organização, o comité técnico misto vai reunir-se em Viena, capital austríaca e sede da OPEP.

Tradicionalmente, o comité técnico analisa a conjuntura do mercado petrolífero, para ajustar as quotas de produção e influenciar os preços.

O próximo encontro ministerial do grupo OPEP+ - que junta os 14 membros da OPEP e dez outras potências petrolíferas, entre as quais a Rússia -- continua previsto para 05 e 06 de março, altura em que deverão decidir se renovam os limites de produção ou se os alteram em função da conjuntura. Porém, há indicações de que a data do encontro poderá ser antecipada.

Um acordo em vigor desde 2016 limita a produção, para apoiar os preços do petróleo face à abundante oferta.

O preço do barril de petróleo Brent desceu a barreira simbólica dos 60 dólares e, num mês, perdeu 11,9 por cento, registando a queda mais significativa desde novembro de 2018.

Os investidores temem as consequências da epidemia de pneumonia viral que surgiu em dezembro na China, primeiro importador e segundo consumidor de petróleo do mundo.

A China elevou hoje para 304 mortos e mais de 14 mil infetados o balanço do surto de pneumonia provocado por um novo coronavírus (2019-nCoV) detetado em dezembro passado, em Wuhan, capital da província de Hubei (centro).

As Filipinas anunciaram também hoje a morte de um cidadão de nacionalidade chinesa, a primeira vítima fatal fora da China.

Além do território continental da China e das regiões chinesas de Macau e Hong Kong, há casos de infeção confirmados em 24 outros países.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou, na quinta-feira, uma situação de emergência de saúde pública de âmbito internacional (PHEIC, na sigla inglesa) por causa do surto.

O avião que transporta os 17 portugueses retirados da cidade chinesa de Wuhan deverá aterrar pelas 20:30 de hoje na Base Aérea de Figo Maduro, disse à agência Lusa fonte do Ministério da Saúde.

A mesma fonte adiantou que está agendada, também para hoje, às 21:00, uma conferência de imprensa da ministra da Saúde, Marta Temido, para abordar o tema.

Os 17 portugueses são transportados a bordo de um avião da Força Aérea Portuguesa, que descolou hoje à tarde da base militar de Istres, na cidade francesa de Marselha.

Os portugueses tinham chegado ao início da tarde a Marselha, num Airbus A380, proveniente da China, no qual viajavam 250 cidadãos europeus.

O Ministério da Saúde vai disponibilizar instalações onde os portugueses provenientes de Wuhan possam ficar em "isolamento profilático" voluntário.

O Hospital Pulido Valente, em Lisboa, e o Hospital Militar, no Porto, são as unidades preparadas para os receber.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório