Meteorologia

  • 23 OUTUBRO 2019
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 19º

Edição

Patrões querem travar taxas de IRC para carros de serviço

A intenção do Governo de agravar as taxas de tributação, em sede de IRC, sobre os carros das empresas não agrada às associações patronais. Segundo o Jornal de Negócios, os patrões já apresentaram três alternativas, entre as quais, aplicar a nova tributação de acordo com o número de quilómetros.

Patrões querem travar taxas de IRC para carros de serviço

O Orçamento do Estado para 2014 prevê um agravamento das taxas de tributação autónoma em IRC sobre as viaturas das empresas, que actualmente variam entre os 10% e os 20%, de acordo com o custo da viatura.

A proposta que está em discussão no Parlamento prevê a criação de três escalões: a aplicação de uma taxa de 15% sobre os carros com um custo até 20 mil euros; de 27,5% até 35 mil euros; e de 35% acima dos 35 mil euros. Ao mesmo tempo, o Governo mantém a penalização adicional de 10%, no caso de empresas com prejuízos fiscais.

Esta proposta não agrada às associações patronais que alertam para o impacto de desproporcionalidade que a medida provocará nas empresas.

Neste sentido, conta hoje o Jornal de Negócios, os patrões decidiram entregar ao secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Paulo Núncio, três propostas alternativas que passam por um agravamento mas até um máximo de 23%, a fixação dos quilómetros por ano como critério, ou a eliminação de qualquer taxa em sede de IRC para viaturas que passem a pagar IRS.

As entidades patronais consideram, aliás, que a aplicação de taxas entre os 27,5% e 35%, será um desafio do Governo à Constituição, refere o Jornal de Negócios.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório